Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ponte de Sor | Câmara disponibiliza apoios sociais e computadores para ensino à distância

A Câmara de Ponte de Sor disponibiliza neste momento 488 computadores e 120 ligações à internet aos alunos do concelho para os ajudar a acompanhar o ensino à distância, além de diversos outros apoios ao nível social e educativo, avançaram os serviços da autarquia ao nosso jornal.

- Publicidade -

No sentido de minimizar os impactos do encerramento das escolas no contexto da pandemia de covid-19, e as desigualdades de acesso de muitos alunos ao ensino à distância, o Município de Ponte de Sor disponibiliza a título de empréstimo, portáteis híbridos, tablets e equipamentos móveis de serviço de Internet a todos os alunos do Ensino Básico e Secundário do concelho, que não têm acesso a estes recursos.

O Município de Ponte de Sor disponibiliza 488 portáteis híbridos e 120 hotspots de WIFI, avançou a Câmara Municipal ao mediotejo.net. Acrescentou que “os computadores foram entregues à escola e faziam parte de um projeto de promoção do sucesso escolar, abrangendo todos os alunos do 1º CEB”. O Município adquiriu “120 hotspots de diferentes redes no sentido de adequar aos locais de residência dos alunos as que oferecem maior cobertura de rede”, detalha.

- Publicidade -

A entrega dos equipamentos iniciou-se na semana que antecedeu o ensino à distância e continua ainda na primeira semana de aulas, decorrente da atualização das necessidades feita pelo Agrupamento de Escolas, explica a autarquia.

Estes computadores “estão a ser distribuídos num processo articulado com o Agrupamento de Escolas de Ponte de Sor e disponibilizados a título de empréstimo a todos os alunos da educação pré-escolar ao Ensino Básico (1º, 2º e 3º Ciclo) que não têm equipamento. A distribuição está a ser feita nas escolas do concelho”.

Sobre a existência de problemas de rede de internet no concelho, a autarquia dá conta de “alguns problemas que foram progressivamente acautelados neste último ano com o alargamento da fibra ótica a todo o concelho. As situações que ainda existem são agora residuais”.

No âmbito da pandemia causada pela doença covid-19, o Município de Ponte de Sor em parceria com o Agrupamento de Escolas de Ponte de Sor, desenvolveu outras medidas de apoio aos alunos para continuar a reforçar a ação social e educativa da Escola.

Designadamente o serviço de refeições take away aos alunos beneficiários da ação social escolar e entrega de refeições ao domicílio às famílias que estejam em isolamento profilático; e a dinamização da Linha de Apoio do Ensino à Distância através do número 242 291 583.

Esta linha tem como objetivo apoiar os alunos e as famílias na resolução de problemas relacionados com a utilização dos equipamentos informáticos Tablets e Internet Móvel.

A linha funciona todos os dias das 9h00 às 17h00, para a resolução de questões relacionadas com: Problemas de funcionamento dos equipamentos informáticos; Questões relacionadas com o acesso aos utilizadores, credenciais de acesso, etc; Utilização da Plataforma Mais Sucesso Escolar; Utilização de outras Plataformas de Vídeo Chamadas para as aulas Síncronas; Apoio ao desenvolvimento dos trabalhos com recurso ao Tablet | Portátil Híbrido. O contacto telefónico, para o número 242 291 583, tem o custo de uma chamada para rede fixa.

Outra medida passa pelo Projeto e-EMIS@PontedeSor – respostas na área da Psicologia, da Terapia da Fala e da Mediação aos desafios suscitados pelo Ensino à Distância.

Este serviço, desenvolvido por uma equipa de 2 psicólogas e 3 terapeutas da fala, irá implementar um conjunto de serviços nas áreas de especialidade e no acompanhamento das crianças em situação de risco de insucesso escolar, as quais irão também dinamizar as duas linhas de apoio psicossocial e de Apoio à Família.

O atendimento decorre entre das 09h00 às 13h00 e, todos os dias úteis, através dos números 242 291 585 e 242 291 586.

O objetivo desta linha é prestar apoio à comunidade, informando, esclarecendo e orientando o munícipe nas suas necessidades relacionadas com: Adaptação à mudança e ao contexto de isolamento/quarentena, promovendo estratégias adaptativas para diminuir o impacto pessoal, familiar e social; Gestão emocional e comportamental do próprio (ou de outros próximos); Promoção da rede de suporte familiar e social para minimizar situações de isolamento e solidão; Encaminhamento e articulação de respostas com os serviços disponíveis na comunidade.

Esta linha destina-se a famílias com crianças e jovens. O objetivo desta linha é esclarecer dúvidas e partilhar estratégias relacionadas com a parentalidade/educação em contexto de isolamento/quarentena.

Outras medidas passam pela dinamização do Canal Educativo “As Aventuras do Kiitos” para as crianças do Pré-escolar e 1º CEB; pela dinamização de Atividades de Enriquecimento Curricular e de Animação socioeducativa ONLINE: CriArtes; Ciência a Brincar; Atividades Físicas; Musicando. Estas atividades acontecerão em momentos síncronos e assíncronos com as equipas pedagógicas dos Projetos e nas Salas de Acolhimento em regime presencial.

E ainda a disponibilização da Plataforma Mais Sucesso Escolar a qual constitui um espaço seguro de aprendizagem, colaboração e partilha, destinada à Educação Pré-escolar e ao 1.º Ciclo do Ensino Básico.

Na Plataforma, estão disponíveis Conteúdos Curriculares específicos para o 1.º Ciclo, Provas de Aferição de 2º e 4º ano jogos, atividades e desafios, dinâmicos e lúdicos, relacionados com as temáticas do Currículo Local, Educação para a Cidadania, Educação para a Saúde e um novo espaço dedicado às Famílias.

Para o Pré-escolar, a plataforma inclui a Coleção “Bia e Kiko” (Português, Matemática, Mundo e Inglês) e a Biblioteca do Gigante. Através dos diferentes conteúdos disponíveis, será possível conhecer histórias, sonhos e fantasias.

A Plataforma Mais Sucesso Escolar está associada a uma Linha de Apoio aos encarregados de educação, a alunos, a professores e educadores de infância, com atendimento assegurado por cerca de 100 professores e algumas equipas multidisciplinares, que via e-mail, telefone e/ou call usando a plataforma Microsoft Teams.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome