Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ponte de Sor | Alterações de trânsito na Praça da República e na Rua de Olivença

Na sequência das obras de reabilitação do Mercado Municipal, em Ponte de Sor, a Câmara Municipal dá conta de interrupções e alterações ao trânsito a partir desta segunda-feira 4 de janeiro, por forma a garantir um dos sentidos de circulação na Praça da República e Rua de Olivença em duas fases (durante cerca de um mês) devido à execução de trabalhos.

- Publicidade -

Assim, segundo nota do Município, o trânsito irá circular apenas num sentido (da Rua de Olivença em direção à EN 119) garantindo estacionamento nesta zona.

Numa primeira fase serão executados corredores em todo o perímetro de intervenção com a largura de 2 metros em relação à vedação da obra, com o objetivo de “minimizar o transtorno a todos os utilizadores do espaço, assim como garantir o acesso pedonal a moradias e estabelecimentos”.

- Publicidade -

Numa segunda fase a circulação automóvel será feita na zona do novo arruamento, devido ao novo reperfilamento desta rua, com um único sentido de circulação na direção da EN 119, com a execução de zonas de estacionamento adaptadas à fase dos trabalhos.

O sentido de trânsito, EN 119 para a Rua de Olivença, será encerrado durante a execução destes trabalhos, tendo como alternativa o desvio pelas ruas Gomes Freire de Andrade ou Mouzinho de Albuquerque.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome