- Publicidade -

Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Ponte de Sor | A maior cimeira aeronáutica da Europa já começou num espaço construído de 10 mil metros quadrados (c/fotogaleria)

A terceira edição da Portugal Air Summit, aquela que é a maior cimeira aeronáutica da Europa, começou esta quinta-feira. Durante quatro dias o evento reúne as personalidades mais relevantes da industria, infraestruturas e serviços para debaterem e analisarem o futuro dos setores da avião tripulada e não tripulada. O mediotejo.net leva o leitor por uma visita à tenda que alberga cerca de 100 expositores num espaço onde estão representadas as entidades públicas e privadas mais relevantes ligadas ao setor aeronáutico.

- Publicidade -

Por aquela tenda passam 50 oradores nacionais e internacionais, oferece uma área exclusiva para reuniões empresariais e workshops temáticos, um espaço com experiências pensadas para adultos, crianças e adolescentes e no último dia uma corrida que combina o melhor das competições aéreas internacionais.

São quatro dias de evento, sendo três de conferências onde se discute o cluster aeronáutico português e se é ou não essencial apostar nas pessoas e nas suas habilitações, estabelecendo parcerias entre empresas, academia e estudantes universitários para que o sector cresça e mude, como já está a acontecer, a realidade do concelho de Ponte de Sor, no Alto Alentejo.

- Publicidade -

Ora, o setor aeronáutico é, por excelência, considerado estratégico para os modelos económicos mais modernos mas apresenta, atualmente, uma falha grave que se relaciona com a falta de conhecimento técnico, o que constitui um travão ao crescimento, semelhante ao que se nota em outras indústrias primárias.

O nosso país apresenta um forte cluster aeronáutico que representa mais de 1,4% do PIB e uma forte propensão de crescimento, bem como um papel proeminente na criação de emprego e nas exportações, mas os recursos humanos especializados na área da aeronáutica assumem-se, por enquanto, escassos em Portugal e até no mundo.

Assim, a terceira edição da cimeira que decorre desde quinta-feira no aeródromo municipal de Ponte de Sor, ou seja entre os dias 30 de maio e 2 de junho, foca-se no tema central “Powering Human Capital” e promete discutir estas temáticas.

Portugal Air Summit 2019, em Ponte de Sor. Comandante Nuno Molarinho e Sandra Catarino diretora do aeródromo municipal de Ponte de Sor . Créditos: mediotejo.net

Contudo, realizar um evento desta grandeza não é tarefa fácil. O comandante Nuno Molarinho, CEO da TheRace explicou ao mediotejo.net que o evento envolve “desde a fase inicial, outubro do ano passado, uma equipa permanente com cerca de 20 pessoas, entre a Câmara e a TheRace. Uma equipa que vai crescendo ao longo do tempo e hoje, durante os dias do evento, uma semana antes e uma semana depois, temos cerca de 90 pessoas a trabalhar, sem envolver as forças de segurança, a Cruz Vermelha, a GNR, a Proteção Civil, que são 60 pessoas”.

A preparação do evento inicia “em setembro do ano anterior, sendo a data em maio, cerca de 10 meses antes” reforça Nuno Molarinho.

Este ano, a cimeira centra-se então nas capacidades humanas, mercado de trabalho e formação avançada, incluindo conferências, apresentações, exposição, workshops e showcases, bem como um networking lounge e uma sala de reuniões exclusiva para empresas e grupos temáticos. A importância de pesquisa e desenvolvimento também é abordada, não apenas sobre a perspetiva de evolução do sector, mas também no que concerne a criação de trabalhos e a qualificação de recursos humanos, como aliás se viu nos painéis do primeiro dia.

O programa de conferências foi por isso baseado nos assuntos mais proeminentes e relevantes do sector. Veículos aéreos não tripulados, que hoje em dia assumem um papel relevante, assim como aviação comercial, o seu futuro e impacto global serão analisados. A análise e relato dos assuntos explanados pelos muitos jornalistas que acompanham os trabalhos sai da sala de imprensa para o país e para o mundo.

Portugal Air Summit 2019, em Ponte de Sor. Sala de imprensa. Créditos: mediotejo.net

A Portugal Air Summit decorre dentro de “uma tenda gigante, de um fornecedor português do Norte do País que tem feito um trabalho espetacular e é líder mundial neste tipo de infraestruturas. Esta tenda tem 90 por 40 metros quadrados que resulta quase quatro mil metros quadrados. Temos outra tenda ao lado com cerca de 140 por 30 metros quadrados. No total temos uma área construída de quase 8 mil metros quadrados. Depois temos exteriores, tendas mais pequenas, boxes… ou seja, em termos de construção física do evento são 10 mil metros quadrados” explica.

Os auditórios são três, Alpha, Charlie e Bravo. “O Alfa, o auditório maior com lugar para 250 pessoas sentadas e 200 pessoas em pé, tem um ecrã com 20 metros de largura com 4,5 metros de altura e um palco inacreditável para podermos dar largas aos nossos convidados durante as palestras. Depois temos os auditórios mais pequenos com 80 lugares cada um e com um palco para palestras o que envolve cerca de 450 lugares no total”, acrescenta Nuno Molarinho.

Quanto aos expositores, cerca de 100, “ficaram mais de 60 de fora. Não conseguimos espaço. É impossível! Para o ano vamos ter de repensar a infraestrutura, se calhar uma mistura entre a zona de placa com tendas exterior e zona interior porque há muita gente que quer vir e gostávamos de ter toda a gente cá obviamente!”

O comandante nota que o evento cresce em cada ano, atualmente “o nosso trabalho comercial é muito reduzido porque as pessoas procuram-nos, não temos de ir para o mercado dizer que vai acontecer, já está nas agendas internacionais o que quer dizer que criámos uma dinâmica que vive por si própria, o que alivia o esforço comercial que temos de fazer”.

Portugal Air Summit 2019, em Ponte de Sor. Créditos: mediotejo.net

E no espaço para stands com a representação das entidades públicas e privadas mais relevantes ligadas ao setor aeronáutico, universidade, clubes e escolas de aviação, o visitante encontra logo à entrada uma sui generis câmara de vídeo de 360 graus, oferecida por uma empresa com sede em Lisboa que oferece uma nova forma de o visitante ficar com uma recordação, no caso, da Portugal Air Summit. Num minuto o aparelho filma o visitante, o vídeo aparece de imediato numa plataforma digital, o visitante insere o seu endereço de e-mail e o vídeo é enviado para o e-mail indicado, podendo ser partilhado nas redes sociais.

Uma das novidades é a escola de aviação GFS, propriedade de cinco sócios, todos pilotos, que pretende começar o primeiro curso em setembro de 2019, com prática de voo em Ponte de Sor, e inicialmente aulas teóricas em Algés. “Aulas em 12 aviões, Cessna 152 e 172, Beachcraft BE76 com o objetivo de formar pilotos ATPL integrado, podendo ter apenas o ensino secundário mas que consigam com o curso obter uma licença final de piloto comercial” explica ao mediotejo.net Alberto Assolari, um dos proprietários. Neste momento a empresa encontra-se na fase de certificação, contando já com instrutores e alunos interessados nos cursos que rondam os 80 mil euros.

As futuras instalações da escola já estão em construção no aeródromo municipal de Ponte de Sor para serem concluídas em 2020, disse por sua vez Vitor Laranjeira, chefe dos instrutores de voo da escola GFS, referindo ainda a construção de um Hotel de cinco estrelas ao lado das instalações. “Um projeto a longo prazo, para desenvolver aquando da manutenção e com o intuito de acomodar pilotos”.

Portugal Air Summit 2019, em Ponte de Sor. Créditos: mediotejo.net

Também presente na Portugal Air Summit a Academy Sevenair, uma marca de fusão de sete empresas, sendo uma das escolas mais antigas do país com certificado JA, aberta em 1988. Para já encontra-se no aeródromo municipal de Cascais mas tem escola de paraquedismo em Portimão.

Do lado das universidades presentes no evento destaque para o ISLA de Santarém que apresenta, por exemplo, pós-graduações tendo em conta a atualidade como a de Incêndios Florestais; Gestão em Emergência e Crise, ou Wine Marketing & Events.

Do lado militar quer a Marinha Portuguesa como a Força Aérea proporcionam aos visitantes experiências de realidade virtual. A Marinha oferece a visualização, através de uns óculos próprios, de três filmes onde se pode observar um salvamento no mar, um ataque a uma fragata ou uma equipa de fuzileiros em ação. E ainda um simulador de um helicóptero lynix.

Portugal Air Summit 2019, em Ponte de Sor. Expositor da Marinha Portuguesa.Créditos: mediotejo.net

A Força Aérea instalou na Portugal Air Summit duas cadeiras de injeção de um F16 igualmente com realidade virtual onde o visitante pode fazer uma viagem em três aeronaves: Alpha-Jet, F 16 e o helicopetro Alouette III. Tem ainda presente um centro de recrutamento.

E muitos outros expositores podem ser encontrados durante os próximos três dias, alguns jogando em casa como o Aeroclub de Ponte de Sor ou sendo vizinhos como o Município de Avis.

O Portugal Air Summit, que em 2019 espera receber 25 mil visitantes, pretende promover numa base nacional e internacional o sector aeronáutico português e assim estabelecer Portugal como um “major player” na indústria internacional. E mais uma vez, adota o principal objetivo de contribuir para o desenvolvimento da atividade corporativa no campo da aviação tripulada e não tripulada.

A terceira edição do Portugal Air Summit apresenta também o já habitual Air Show e o ARC, Air Race Championship, com 60 espetáculos acrobáticos ao longo doas dias. Uma corrida de avião única e de classe mundial que habitualmente atrai grandes multidões.

“Este ano temos duas classes de aviões, a classe desportiva chamada de sport class, uma classe que voa com aviões RV, aviões com pouco mais de 200 cavalos, com um nível de performance muito acima da média para aquele tipo de avião. Os pilotos são quase todos espanhóis e ingleses e temos um piloto português de Viseu, o comandante Carlos Costa” explica o CEO da TheRace, organizador do evento.

Uma novidade é a classe extreme. “Nunca tínhamos trazido a Ponte de Sor, classe muito semelhante ao que se vê na classe mãe em Reno e na Redbull, uma classe com extra 300, aviões com 330 cavalos, performances inacreditáveis, com um som maravilhoso. São sete aviões em cada classe, vão correr com os treinos oficiais sexta-feira, treinos de classificações no sábado e corrida no domingo”.

Para Nuno Molarinho “serão dias de grandes espetáculos. Claro que o Air Race Championship será o momento alto, mas não devemos descurar as várias demonstrações que darão um colorido diferente ao Portugal Air Summit”.

O responsável da TheRace lembra que “o objetivo da organização não é apenas aproveitar esta ocasião para debater a importância do setor aeronáutico no nosso país, é demonstrá-lo e dá-lo a conhecer a todos aqueles que, mais ou menos curiosos, queiram partilhar connosco uma experiência diferente e inesquecível”.

Portugal Air Summit 2019, em Ponte de Sor. Expositor da Força Aérea Portuguesa. Créditos: mediotejo.net

Quanto ao aeródromo municipal de Ponte de Sor, tratar-se de uma infraestrutura com uma pista de 1800 metros, com uma classificação de espaço aéreo G (não controlado) e um campus aeronáutico, uma infraestrutura com três pisos. Dispões de salas de formação, estudo, áreas polivalentes, zonas de refeição e alojamento.

Apoia a atividade da Escola de Treino e Formação (ATO) e do Ensino Superior, no âmbito dos protocolos estabelecidos entre o Município e o Instituto Superior de Educação e Ciências, o Instituto Politécnico de Setúbal, a Universidade da Beira Interior, a Universidade de Évora, o Instituto Politécnico de Portalegre, o Instituto Politécnico de Castelo Branco e a Universidade Atlântica.

Recorde-se que, atualmente, o aeródromo municipal de Ponte de Sor conta seis entidades sediadas: a Autoridade Nacional de Proteção Civil; a Escola de Treino e Formação GAIR Group; o Grupo Tekever de produção de aeronaves não tripuladas; o Heli Avionics, Lab de manutenção de reparação de componentes aviónicos; a Fly Tech de manutenção de ultraleves; e o Aero Club de Portugal com instrução de voo de planadores.

 

PROGRAMA:
Dia 31 de Maio

10:15 SESSÃO DE ABERTURA
João Neves – Secretário de Estado da Economia
10:30 IMPROVING PORTUGAL’S AVIATION COMPETITIVENESS
Lígia da Fonseca – Manager of External Relations in Europe & Account Manager for the Portuguese Airlines – IATA
10:45 INDUSTRIA 4.0 NA AERONÁUTICA – REVOLUÇÃO SOCIAL
Moderador: Sara Dória
Painel:
Christian Santos – Consultor
Goizalde Santamarina – Representante Fundación IMH- Machine Tool Institute (Basque Country Cluster)
Melania Jaravete – Representante Blue Air
Rui Dias – Representante CEIIA
A nomear – TAP Portugal
11:30 NEW TECHNOLOGIES FOR SUPPORTING STRUCTURAL HEALTH ANALYSIS
Gustavo Dias – Critical Materials
11:45 Coffee Break
12:15 PAINEL: MICRO SATELITES
Ricardo Mendes – TEKEVER – Projeto Infante
12:30 THE NATURAL BORN TECHNOLOGY – CORK IN AEROSPACE
João Fernandes – Global Segment Manager
12:45 AEDCP Presentation and Opportunities
Paulo Chavez – Vice Presidente AED
13:00Almoço
14:30 FREE ROUTE AIRSPACE LISBOA FIR
Mário Neto – Presidente do Conselho Estratégico da NAV Portugal e Diretor de Informação, Procedimentos Aeronáuticos e Qualidade
14:45 SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL NA AVIAÇÃO
Moderador: Vítor Gonçalves
Painel:
Artur Sousa – Técnico Superior da Direção de Regulação Económica ANAC
Lígia da Fonseca – Manager of External Relations in Europe & Account Manager for the Portuguese Airlines – IATA
Gisela Padre – Responsável do Ambiente do Aeroporto de Lisboa – ANA Aeroportos
Mário Neto – Presidente do Conselho Estratégico da NAV Portugal e Diretor de Informação, Procedimentos Aeronáuticos e Qualidade
Júlia Silva – Técnica da Agência Portuguesa do Ambiente
Carlos Damásio – Direção das Operações de Voo da TAP
15:30 THE WORLD IS IN OUR HANDS
Shaesta Waiz – Piloto Afegã
15:45 UAV – APLICAÇÕES MILITARES E FORÇAS DE SEGURANÇA
Moderador: MGeneral Rui Moura
Painel:
1Tenente Raul Lourenço Machado – Marinha
BGeneral José Passos Morgado – Força Aérea Portuguesa
Major Camilo – Exército
Major Eduardo Romeu de Oliveira Lérias – GNR
Superintendente Dário Duarte Mendes Prates – PSP
16:30 Coffee Break
16:45 A CARREIRA AERONÁUTICA DA PRIMEIRA INSTRUTORA FEMINIMA DA EMIRATES
Sandra Lira – Instrutora Emirates Flight Training Academy
17:00 PILOTS SHORTAGE
Giancarlo Buono – Regional Director of Safety and Flight Operations in Europe IATA
17:15 PROGRAMA GLOBAL NGAP (NEXT GENERATION OF AVIATION PROFESSIONALS)
Albano Coutinho – Air Navigation Commission – ICAO
17:30 AEROSPACE IS FOR EVERYBODY – FOLLOW YOUR DREAMS
Moderador: Vítor Gonçalves
Painel:
Francisca Eiriz – ESA Business Incubation Center
Ricardo Cabral – Theia
Louise Lindblad – Valispace
João Nuno Frazão – Space Lawyer

Dia 1 de Junho
10:45 SESSÃO DE ABERTURA OFICIAL – PROJETO PAS U
Professor Nuno Feixa Rodrigues – Vogal do Conselho Diretivo da Fundação para a Ciência e Tecnologia
11:00 BORN FROM KNOWLEDGE
Katiuska Cruz – ANI
11:15 O NOVO AEROPORTO DE LISBOA
Moderador: Vítor Gonçalves
Painel:
António Portugal – Diretor Executivo RENA
Comandante Miguel Silveira – Presidente APPLA
Rogério Pinheiro – Secretário Geral APTTA
Mr. Martin Braun – IATA – Assistant Director for Airport Development
12:00 CERIMÓNIA DE ENCERRAMENTO +Centenário Aviação/ história aeródromo + LANÇAMENTO HUBY
Painel:
Hugo Hilario – Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor
Taveira Pinto
Carlos Saraiva
Oliveira das Neves
Ana Silva
Entrega de prémios – Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor e Vogal do Conselho Diretivo da Fundação para a Ciência e Tecnologia
13:15 Almoço
14:30 FREE ROUTE AIRSPACE LISBOA FIR
Mário Neto – Presidente do Conselho Estratégico da NAV Portugal e Diretor de Informação, Procedimentos Aeronáuticos e Qualidade
14:45 SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL NA AVIAÇÃO
Moderador: Vítor Gonçalves
Painel:
Artur Sousa – Técnico Superior da Direção de Regulação Económica ANAC
Lígia da Fonseca – Manager of External Relations in Europe & Account Manager for the Portuguese Airlines – IATA
Gisela Padre – Responsável do Ambiente do Aeroporto de Lisboa – ANA Aeroportos
Mário Neto – Presidente do Conselho Estratégico da NAV Portugal e Diretor de Informação, Procedimentos Aeronáuticos e Qualidade
Júlia Silva – Técnica da Agência Portuguesa do Ambiente
Carlos Damásio – Direção das Operações de Voo da TAP
15:30 THE WORLD IS IN OUR HANDS
Shaesta Waiz – Piloto Afegã
15:45 UAV – APLICAÇÕES MILITARES E FORÇAS DE SEGURANÇA
Moderador: MGen Rui Moura
Painel:
1Tenente Raul Lourenço Machado – Marinha
BGeneral José Passos Morgado – Força Aérea Portuguesa
Major Camilo – Exército
Major Eduardo Romeu de Oliveira Lérias – GNR
Superintendente Dário Duarte Mendes Prates – PSP
16:30Coffee Break
16:45 A CARREIRA AERONÁUTICA DA PRIMEIRA INSTRUTORA FEMINIMA DA EMIRATES
Sandra Lira – Instrutora Emirates Flight Training Academy
17:00 PILOTS SHORTAGE
Giancarlo Buono – Regional Director of Safety and Flight Operations in Europe IATA
17:15 PROGRAMA GLOBAL NGAP (NEXT GENERATION OF AVIATION PROFESSIONALS)
Albano Coutinho – Air Navigation Commission – ICAO
17:30 AEROSPACE IS FOR EVERYBODY – FOLLOW YOUR DREAMS
Moderador: Vítor Gonçalves
Painel:
Francisca Eiriz – ESA Business Incubation Center
Ricardo Cabral – Theia
Louise Lindblad – Valispace
João Nuno Frazão – Space Lawyer

Dia 2 de Junho
12:30 DEMOS PARAQUEDISMO + LEXUS
13:00 SPORTS CHICANE FINALS
13:25 DEMO PITTS
13:40 XTREME CHICANE FINALS
14:00 DEMO STUNT DRIVING
DEMO RC PRECIOSO
14:30 DEMO SPARX
DEMO CASTOR FANTOBA + MOTO
15:05 DEMO RAVEN
15:20 DEMO YAKSTARS + DEMO PITLANE + DEMO XTREME
15:50 SPORTS RACE FINALS
16:10 DEMO PITTS + DEMO AUTOGYRO
16:40 XTREME RACE FINALS
FIREBOSS + JACTOS RC
17:15 DEMO F16
17:30 PODIUM
DEMO PITTS + DEMO PARAQUEDISMO

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome