“Chegou a gripe, com a força a que nos habituou”, por Rui Calado

Chegou a gripe sazonal, pujante, com a força a que nos habituou, este ano acertando as contas, porque no ano passado esse acontecimento só se verificou na última semana do ano. Agora, com a ajuda dos “Médicos Sentinela” que através do Instituto Nacional de Saúde Dr Ricardo Jorge (INSA) nos disponibilizam a figura que se anexa, ficamos a saber que este ano o processo se manifestou uma semana antes e começou a atingir a população portuguesa precisamente na semana do Natal.

PUB

Se não soubéssemos a gripe sazonal tem um período de incubação de 4 dias (2-6), não resistiríamos à tentação de clamar junto das entidades competentes e dos órgãos de comunicação social que esse nórdico que nos visita todos os anos nesta noite de Natal, nos trouxe as habituais prendas, mas também se fez acompanhar dos indesejáveis vírus da gripe sazonal, preparando-se para dar com uma mão e infetar com a outra.

Mas agora, graças ao conhecimento sobre a forma como o vírus se transmite, como a doença se instala e à vigilância epidemiológica da gripe que os serviços de saúde públicos asseguram, podemos desmentir categoricamente as suspeitas que recaem sobre o Pai Natal e alertar as populações para que não se deixem enganar.

PUB

Mas também que não se deixem infetar por esse vírus tão perigoso, responsável por tantas mortes no ano passado. Para isso, bastará que todos adotem medidas de proteção individual muito simples, que combatem a doença com eficácia, impedindo que as pessoas sejam infetadas e que transmitam a doença àqueles que com eles contactam. Para isso bastará:

  • Estarmos vacinados;
  • Lavarmos as mãos com frequência;
  • Tossirmos para um lenço ou para o braço;
  • Usarmos uma máscara se tivermos tosse persistente;
  • Pedirmos ajuda à Linha Saúde 24 (808 24 24 24) no início dos sintomas;
  • Consultarmos os médicos de família;
  • Recorrermos ao Hospital apenas em situações de emergência.

GRIPE

É Natal, é Natal, viva a terra em paz… O menino Jesus nasceu e o Pai Natal andou por aí…

PUB

Boas Festas

Rui Calado

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here