Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Passe pela Biblioteca | “Ter Opinião”, da Fundação Francisco Manuel dos Santos

Convidámos os responsáveis das bibliotecas municipais do Médio Tejo a fazerem as suas recomendações neste espaço todas as segundas-feiras, de forma alternada. A revista “Ter Opinião”, da Fundação Francisco Manuel dos Santos, é a sugestão apresentada esta semana por Ana Saraiva, diretora da Biblioteca Municipal de Ourém.

- Publicidade -

Passe pela biblioteca… e boas leituras!

A Biblioteca Municipal de Ourém acaba de incorporar e disponibilizar aos leitores um conjunto de títulos editados pela Fundação Francisco Manuel dos Santos. A Fundação convida especialistas de reconhecido mérito para escreverem sobre temas atuais que reflitam (sobre) a realidade portuguesa e que promovam um debate construtivo que contribua para o desenvolvimento da sociedade.

- Publicidade -

ter-opiniaoPor exemplo, a revista TER OPINIÃO contém artigos de informação e opinião sobre matérias urgentes. Dos sete números editados até ao momento, todos interessantes, os dois últimos abordam Portugal, a Europa e o Mundo expressando a relação de ambiguidade entre a globalização e as fronteiras (jan-jun. 2016), ou a importância e fragilidades na Democracia de hoje (jun-dez.2016).

Na área do ensaio são muitos os temas de referência, uns mais dirigidos, outros transversais. Destaco alguns que (pre)ocupam os nossos quotidianos. Numa leitura atenta às questões geracionais, Em Adolescentes, Maria do Céu Soares Machado elucida-nos sobre o “mistério” da adolescência, as suas fases, ambivalências (oscilantes entre estados de felicidade e de solidão) e fornece ferramentas aos adultos para melhor entenderem e acompanharem os jovens.

Discriminação na Terceira Idade, de Sibila Marques, transmite uma promoção crescente das políticas de envelhecimento ativo, que ajudam os cidadãos a terem uma vida mais saudável e dinâmica. Paradoxalmente, demonstra que persiste uma imagem cristalizada de estigma que associa as pessoas mais velhas à incapacidade e à doença. Este livro incentiva-nos a combater essa imagem, em prol de uma “mudança ideológica profunda”.

Tema igualmente transversal é O Cancro, doença que nos dói a todos. Manuel Sobrinho Simões ajuda o cidadão comum a entender melhor esta doença, a preveni-la e a enfrentá-la. O livro sugere uma postura positiva e de esperança.

Retomando matérias que ligam Portugal ao mundo no contexto da globalização, Em A Identidade Cultural Europeia, Vasco Graça Moura esclarece-nos sobre o percurso pouco linear da história na Europa, construído com contradições, conflitos, incertezas, mas também realizações, que caminha para duas direções: para o aumento do laicismo alimentado pela ciência, e para o aumento do individualismo.

Migrações e Cidadania é outro tema da atualidade. Gonçalo Saraiva Matias expõe a mudança de paradigma dos movimentos migratórios mais motivados pela circulação de capital humano e de consumo alinhados com a globalização e o transnacionalismo. Simultaneamente, deixa um alerta para as fragilidades inerentes a estes processos migratórios, onde se inclui a “imigração ilegal” que justifica, cada vez mais, que se repense a questão da imigração enquanto “instrumento de soberania do Estado”.

Assim como Ourém absorve e se transforma a partir do mundo, também opera na sua transformação. Exemplo disso é o projeto “Sophia e a Magia do Natal”, inspirado na obra de Sophia de Mello Breyner Andersen e dinamizado por Município, coletividades, escolas, IPSS’s, artistas e tantos outros cidadãos oureenses. De dezembro a fevereiro exposições, oficinas de leitura e escrita criativa, arte pública, performances e cenografia temática nas árvores públicas da cidade de Ourém animam um projeto cultural que fomenta e divulga a literatura e a expressão criativa, enquanto manifestações de valores que refletem a mensagem desta quadra.

Boas leituras contribuem para um Natal melhor!

Chefe de Divisão da Ação Cultural da Câmara Municipal de Ourém e responsável pela Biblioteca Municipal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here