Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Setembro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Passe pela Biblioteca | “Sociedade de risco mundial: Em busca da segurança perdida”, de Ulrich Beck

Os responsáveis das bibliotecas municipais do Médio Tejo fazem recomendações de leitura no nosso jornal todas as semanas. “Sociedade de risco mundial: Em busca da segurança perdida”, de Ulrich Beck, é a sugestão hoje apresentada por Carmen Ferreira, da Biblioteca Municipal de Ourém. Passe pela Biblioteca… e boas leituras!

- Publicidade -

O convite à leitura de hoje da Biblioteca Municipal de Ourém centra-se no livro “Sociedade de risco mundial: Em busca da segurança perdida”, do sociólogo Ulrich Beck (1944-2015). Ulrich Beck foi um dos grandes pensadores e sociólogos do nosso tempo e teve uma carreira preenchida, com interesses variados. Além da sua faceta letiva – foi Professor Emérito de Sociologia em Munique, deu aulas em Harvard e na London School of Economics – foi também o autor de uma vasta obra, fundamental para a sociologia contemporânea.

Além de “Sociedade de risco mundial”, estão também traduzidos e publicados em Portugal “A Europa Alemã: De Maquiavel a ‘Merkievel” e “A Metamorfose do Mundo: Como as alterações climáticas estão a transformar a sociedade”.

- Publicidade -

A obra “Sociedade de risco mundial: Em busca da segurança perdida” (Edições 70, 448 p.) foi publicada pela primeira vez em 1986 e entretanto, tornou-se um clássico da sociologia contemporânea, de leitura quase obrigatória em muitos cursos de Ciências Sociais e Humanas em Portugal e no resto do mundo ocidental. Nela Ulrich Beck chama a atenção do leitor para uma série de perigos, tanto naturais como de origem humana, que gradualmente foram moldando a nossa perceção das sociedades contemporâneas.

Desde a primeira edição da obra até hoje, o terrorismo tornou-se global, as crises financeiras geraram consequências que escapam ao controlo dos políticos e as alterações climáticas passaram a ser um assunto na ordem do dia. Em suma, segundo o autor, vivemos numa sociedade de risco.

Há também outra dimensão desta sociedade a reter: A do risco que é gerado com intuitos políticos, que se insinua no quotidiano da vida moderna e que tem a sua manifestação mais visível da necessidade de segurança, necessidade essa que por vezes colide com a nossa liberdade.

Ao longo da obra, porém, vamos vendo que a perspetiva do autor não é alarmista: Ulrich Beck acredita que uma previsão da catástrofe pode mudar a política global e bem assim, que temos, hoje, a oportunidade de reconfigurar o poder daquilo a que o autor chama “política material cosmopolita”. Estará a ser demasiadamente otimista?

A obra “Sociedade de risco mundial” é uma análise oportuna e abrangente da dinâmica estrutural do mundo moderno, da natureza global do risco e do futuro da política global, que põe o leitor a pensar.

Um livro fundamental para o leitor que quer estar a par das linhas de pensamento dos maiores sociólogos e filósofos contemporâneos.

Passe pela Biblioteca Municipal de Ourém e requisite este livro!

Bibliotecária na Biblioteca Municipal de Ourém.
Natural de Ourém, nascida em 1974, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses pela Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Ainda na FCSH concluiu em 1999 a Pós-graduação no Ramo de Formação Educacional e em 2002 a Pós-graduação em Cultura Portuguesa Contemporânea. É Mestre em Ciências Documentais, na variante de Bibliotecas e Centros de Documentação, pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa, com a Dissertação “Biblioterapia aplicada a idosos: um novo desafio para as bibliotecas públicas portuguesas” (2013).

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome