Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Passe pela Biblioteca | “Que importa a fúria do mar”, de Ana Margarida de Carvalho

Convidámos os responsáveis das bibliotecas municipais do Médio Tejo a fazerem as suas recomendações neste espaço de forma alternada, às segundas-feiras. “Que importa a fúria do mar”, de Ana Margarida de Carvalho, é a sugestão apresentada esta semana por Maria José Pereira, da Biblioteca Municipal Dr. António Cartaxo da Fonseca, em Tomar.

- Publicidade -

Passe pela biblioteca… e boas leituras!

Prestes a terminar este livro, o que achei? Julgo que tem um início um pouco monótono, muito descritivo e com pouca dinâmica. Mas, após estas páginas, o livro revela-se curioso e apetecível e depressa damos por nós a querer virar páginas para saber o que vai acontecer a seguir.

- Publicidade -

A linguagem da autora é alternada entre uma linguagem cuidada que revela uma grande maturidade linguística e uma linguagem simples. Por vezes, temos a sensação que os capítulos são independentes e que não pertencem ao mesmo livro. Saltitar entre o passado longínquo de Joaquim, o passado recente de Eugénia e o presente de ambos torna-se, por vezes confuso, mas acaba por cativar.

A obra retrata duas gerações que cresceram em regimes políticos diferentes, Joaquim e Eugénia que viveram na época fascista e democrática. O melhor e o pior da condição humana, duas gerações, dois sentimentos opostos: o amor e o ódio retratado na relação amorosa de Joaquim e o passado ditatorial e colonial do nosso país descrito no inferno desumano do Tarrafal.

Na minha opinião, um livro que vale bem a pena ler.

Diretora da Biblioteca Municipal de Tomar

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome