Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Passe pela Biblioteca | “Pequenas Cadeiras Vermelhas”, de Edna O’Brien

Os responsáveis das bibliotecas do Médio Tejo fazem recomendações de leitura no nosso jornal todas as semanas. “Pequenas Cadeiras Vermelhas”, de Edna O’Brien, é a sugestão hoje apresentada por Margarida Teodora Trindade, diretora da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, de Torres Novas. Passe pela biblioteca… e boas leituras!

PEQUENAS CADEIRAS VERMELHAS, de Edna O’Brien (Cavalo de Ferro, 2019)

Descrito por Philip Roth como a obra-prima de Edna O’Brien (Irlanda, 1930), Pequenas Cadeiras Vermelhas é um romance de 2015, mas publicado em Portugal pela Cavalo de Ferro em 2019, sob a magnífica tradução de Rita Canas Mendes.

O título da obra remete para um momento simbólico que teve lugar no assinalar dos vinte anos do Cerco de Sarajevo pelas tropas Servio-Bósnias, em 2012.
 
A narrativa do livro situa-se na Irlanda. Embora descritiva, a escrita de Edna O’Brien é limpa, fluida e ritmada e de ambiente intimista, dentro de uma evidente estética literária contemporânea.

Confrontamo-nos nesta leitura com o grande mistério que é a natureza do mal e do amor. Pode um monstro que se satisfaz com o mal, em simultâneo, ser capaz de amar o seu semelhante, de atuar com empatia e de apaziguar sofrimento?

Um romance corajoso, que coloca o dedo em várias feridas ainda abertas, de forma desassombrada e sem rodeios, trazendo ao de cima na narrativa a lembrança de convulsões identitárias e de atrocidades da história recente, ainda tão vivas na memória coletiva da europa e do mundo.

Em Pequenas Cadeiras Vermelhas, Edna O’ Brien convoca-nos para a grande reflexão que é a compreensão da natureza humana: o mal, o amor, o preconceito, o desespero e a redenção. Tantas vezes complementares e outras tantas dissonantes.

Consulte o catálogo on-line e passe pela Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, em Torres Novas.

Boas leituras e, se for caso disso, boas férias.

Diretora da Biblioteca Municipal de Torres Novas

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome