Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

PASSE PELA BIBLIOTECA: Literatura judaica

Convidámos os diretores das bibliotecas municipais do Médio Tejo a fazerem as suas recomendações de leitura neste espaço, de forma alternada. Esta semana, uma seleção de literatura judaica é a sugestão de Ana Saraiva, Chefe de Divisão da Ação Cultural da Câmara Municipal de Ourém e responsável pela Biblioteca Municipal.

- Publicidade -

Passe pela biblioteca… e boas leituras!

Nos dias 10 e 11 de setembro, a Vila Medieval de Ourém acolhe nova edição de um festival dedicado ao património, à história do lugar e ao multiculturalismo.

- Publicidade -

diarioannefrankO tema de inspiração é a diáspora e cultura judaica. A sua escolha vem (re)afirmar a antiga existência de uma comunidade judaica dentro e fora de muros da Vila Medieval e valorizar a herança histórica e cultural deixada pelos judeus em Ourém. A ligação entre a cultura judaica e a diáspora é incontornável. É também incontornável a longa relação de Ourém com a diáspora, ao manter-se permanentemente conectado com outras realidades culturais e representações identitárias.

Música, dança, cinema, gastronomia, história, literatura, conferências e visitas ao património fazem desta festa um hino ao diálogo entre culturas. Nesses dias, os livros dedicados à comunidade judaica viajam das estantes da Biblioteca Municipal para a Praça do Pelourinho da Vila Medieval, para serem lidos nos bancos do jardim e aguçarem a curiosidade sobre o assunto.

As sugestões de leitura de hoje passam por este tema. A literatura alusiva ao assunto é extensa e diversa, onde se incluem a ficção, a informação histórica e os ensaios sobre religião, rituais, alimentação, iconografia e outros temas que caracterizam a comunidade.

O Diário de Anne Frank (trad. Ilse Losa), uma das obras mais lidas em todo o mundo, prende os leitores desde o primeiro instante. É uma história forte e comovente escrita por Annelies Marie Frank, entre 12 de junho de 1942 e 1 de agosto de 1944, a relatar os seus dias, os dias da família e de outros judeus quando se encontravam escondidos durante a ocupação nazi da cidade de Amesterdão. A publicação do diário em 1947, após a sua morte no campo de concentração de Bergen-Belsen, por iniciativa do seu pai difundiu o conhecimento e o repúdio dos horrores do holocausto durante a Segunda Guerra Mundial. Anne Frank tornou-se um mito e as suas palavras transformaram-se em poderosos instrumentos de luta contra a tirania e a barbárie.

o ultimo cabalista de lisboaRecuando no tempo e regressando a Portugal, O Último Cabalista de Lisboa é um romance histórico da autoria de Richard Zimler, escritor, jornalista e professor norte-americano naturalizado português, com uma obra literária extraordinária. A narrativa passou-se em Lisboa, em 1506, com judeus forçados a converter-se ao cristianismo, no reinado de D. Manuel I. Episódios verídicos cruzam-se com a ficção, com Abraão Zarco, o patriarca de uma família de cristãos-novos residentes em Alfama, a assumir um papel central como iluminador e membro da escola cabalística de Lisboa.

De Lisboa transitamos para Ourém. A Inquisição em Ourém, do investigador Jorge Martins (doutor em História), confirma que a inquisição também atuou em Ourém e demonstra que a maioria dos processos inquisitoriais sobre naturais e moradores da antiga vila Ourém e seu Termo incidiram sobre cristãos-novos acusados de judaísmo, cujos apelidos continuam a fazer parte das famílias locais.

O Gueto de Varsóvia, de Yad Vashem; Os Judeus em Portugal no séc. XIV, de Maria José Pimenta Ferro; Os Judeus na Época dos Descobrimentos, de Maria José Ferro Tavares; O Judeu, de Camilo Castelo Branco; O Judeu, de Bernardo Santareno, Clérigo, Mercadores, Judeus e Fidalgos, de António Borges Coelho…, poderia apontar outras sugestões de leitura, mas essas ficam para os próximos dias 10 e 11, na Vila Medieval de Ourém.

Chefe de Divisão da Ação Cultural da Câmara Municipal de Ourém e responsável pela Biblioteca Municipal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here