Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Passe pela Biblioteca | “Isabel de Aragão – Entre o céu e o inferno”, de Isabel Stilwell

Convidámos os responsáveis das bibliotecas municipais do Médio Tejo a fazerem as suas recomendações neste espaço todas as segundas-feiras, de forma alternada. “Isabel de Aragão – Entre o céu e o inferno”, de Isabel Stilwell, é a sugestão apresentada esta semana por Anabela Cardoso, da Biblioteca Municipal Alexandre O’Neill, em Constância

- Publicidade -

Passe pela biblioteca… e boas leituras!

A Biblioteca Municipal Alexandre O’Neill de Constância indica como sugestão de leitura, a obra de Isabel Stilwell Isabel de Aragão – Entre o céu e o inferno da editora Manuscrito.

- Publicidade -

Isabel Stilwell, é autora de vários livros de ficção, contos e histórias para crianças, mas revelou a sua grande paixão por romances históricos em 2007 com D. Filipa de Lencastre, seguindo-se D. Catarina de Bragança, D. Isabel de Borgonha (Ínclita Geração), D. Maria II, D. Teresa, e neste ano, Isabel de Aragão.

Neste livro a autora relata de forma apaixonada a vida de Isabel de Aragão, mais conhecida pela Rainha Santa Isabel, uma das figuras mais acarinhadas da História de Portugal.

Nasceu envolta no saco sagrado, a 11 de fevereiro de 1270, em Saragoça. Intocável. Protegida. Com poucos dias de vida o avô, Jaime I, levou-a consigo para Barcelona, no meio de uma tempestade. Cresceu a ouvir histórias de grandes conquistas, de reinos divididos por lutas sangrentas entre pais e filhos e entre irmãos. A história de Caim e Abel. Uma história que se repetiu ao longo da sua vida…

Aos 12 anos casou com D. Dinis, rei de Portugal, e junto dele governou durante 44 anos. Praticou o bem, visitou gafarias, tocou em leprosos e lavou-lhes os pés, gastou a sua fortuna pessoal a ajudar os que mais precisavam e mandou construir o mosteiro de Santa Clara, em Coimbra. Da sua lenda fazem parte milagres, curas e feitos.

A leitura desta obra revela uma grande figura da História de Portugal, uma mulher astuta e corajosa, na resolução dos problemas familiares e políticos e um ser humano dotado de um profundo sentimento de justiça e de solidariedade social, dedicando a sua vida a cuidar dos pobres e dos doentes.

Este é um romance histórico sobre a Rainha Santa, que segue os acontecimentos históricos com fidelidade e que se transforma num relato rigoroso sobre os acontecimentos sucedidos entre os reinos de Portugal, Aragão e Castela, uma vez que se encontravam entrelaçados por laços familiares.

É uma leitura enriquecedora, que apela o leitor a empreender uma viagem pela História de Portugal, tornando-se numa sugestão agradável para o fim-de semana.

Diretora da Biblioteca Municipal de Constância

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome