Passe pela Biblioteca | “A Lenda de Martim Regos”, de Pedro Canais

Convidámos os responsáveis das bibliotecas municipais do Médio Tejo a fazerem as suas recomendações neste espaço de forma alternada, às segundas-feiras. “A Lenda de Martim Regos”, de Pedro Canais, é a sugestão apresentada esta semana por Margarida Teodora Trindade, da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, em Torres Novas.

PUB

Passe pela biblioteca… e boas leituras!

Escrita por Pedro Canais (Torres Novas, 1962), esta é, segundo o autor, a “história assombrosa de um certo português que andou à aventura nas quatro partes do mundo”.

Este “certo português” é Martim Regos, personagem literária que terá nascido em Torres Novas, nos finais século XV e que, segundo reza a história, terá ido para Lisboa pela mão de um cristão-novo seu conterrâneo, o Mestre Físico de nome António, depois de ter vivido muitas desventuras por estas bandas.

De querer ser santo, a querer ser rico, depois sábio, depois fidalgo, depois rei, Martim Regos viveu entre os reinados de Dom João II e Dom João III. Privou com gente da corte e percorreu o mundo ao mesmo tempo que os portugueses se aventuravam na odisseia dos descobrimentos.

PUB

Martim Regos andou por África, Ásia, pelas Índias e Américas, viveu dias atribulados e adoptou o islamismo como religião. Revelou-se um ícone da mundividência.

Escrito numa linguagem muito própria, aqui e ali com adequações à época, fruto, presume-se, de inúmeras transcrições paleográficas que o autor terá feito aquando da investigação, este é um livro ímpar que decorre à volta deste protagonista e da cronologia dos acontecimentos grandiosos ou dos desaires ao longo de toda a sua vida. O texto encerra um ritmo de jornada permanente e de cenários que alternam consoante o porto em que Martim Regos desembarca ou a estrada que percorre.

Desde trabalhador de uma saboaria em Torres Novas, a espião ao serviço do rei Dom João II, Martim Regos acabou desterrado no Brasil, não antes sem ter convivido com Thomas More e com ele ter inventado a história da ilha “Utopia”.

Há quem encontre neste livro um paralelo com a “Peregrinação” de Fernão Mendes Pinto. Nada de mais natural, pois trata-se de uma obra na qual o protagonista narra, do princípio ao fim e na primeira pessoa, as viagens e o deslumbramento perante os Novos Mundos e as novas gentes que se lhe apresentam.

A leitura do texto é facilitada pelo uso de uma linguagem simples, com adaptações semânticas conformes ao português falado na época, o que, de certa forma, contextualiza o leitor que se incorpora no ambiente de então. Os capítulos são curtos, antecipados em verbete inicia, uma espécie de resumo prévio.

PUB

Em 2005, nos prémios do PEN Clube Português, A Lenda de Martim Regos conquistou o prémio para a Primeira Obra.

Prestes a ser apresentado, no próximo dia 13 de abril, o tema de mais uma edição, a nona, das Memórias da História, em Torres Novas, este livro transporta os que gostam e se revêm nestas evocações para ambientes e cenários muito próprios que se reconstroem, na parte (dificilmente no todo), através da História.

Contudo, quantas vezes essa reconstrução é feita também através da literatura e de imaginários que recriam personagens muito para além daquilo que elas terão sido na realidade. Ou não.

Ou então, quem sabe, gostar de História, alimentar a curiosidade pela História Local, da nossa cidade ou do nosso concelho não começa exactamente por aqui, pela leitura deste livro.

A Lenda de Martins Regos, de Pedro Canais, está disponível para empréstimo na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes.

PUB

Boas leituras e boas viagens pela História.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here