PAF vence PS por 8 a 5 no Médio Tejo/Resultados Finais

Na região do Médio Tejo, a Coligação Portugal à Frente venceu em 8 dos 13 municípios (Ourém, Vila de Rei, Sertã, Tomar, Ferreira do Zêzere, Mação, Alcanena e Sardoal), tendo o PS somado o maior número de votos em 5 municípios (Abrantes, Entroncamento, Constância, Vila Nova da Barquinha e Torres Novas).

A coligação PSD/CDS-PP conseguiu obter um total de 54 260 votos no Médio Tejo, região onde ultrapassou a barreira dos 50% de votos em 4 municípios: Vila de Rei (62.14%), Sertã (54.84%), Ferreira do Zêzere (50.07%) e Ourém (67.08%). Neste último concelho, a coligação conseguiu a sua votação mais expressiva, tendo obtido 16 067 votos.

O PS obteve um total de 39 775 votos no Médio Tejo, tendo as votações mais expressivas decorrido em Constância (39.83%), Abrantes (39.71%), Vila Nova da Barquinha (39.59%) e Entroncamento (36.04%).

O BE conseguiu obter a terceira posição da tabela em 11 dos 13 municípios do Médio Tejo (Entroncamento e Torres Novas lideraram a lista com uma votação de 16.23% e 14.34%, respetivamente), e a CDU ficou em terceiro lugar nos municípios de Constância (com 13.15%) e Alcanena (com 9.88%).

O BE conseguiu um total de 13 640 votos nos 13 municípios do Médio Tejo, ao passo que a CDU obteve 8 633 votos.

A Coligação Portugal à Frente venceu as eleições legislativas no círculo eleitoral de Santarém, com 35,82% dos votos, elegendo quatro deputados, com o PS a eleger três deputados (32,91%), o Bloco de Esquerda um (10,76%) e a CDU outro (9,64%)

O distrito estará representado no Parlamento pelos deputados Teresa Leal Coelho, Nuno Serra e Duarte Marques (PSD) e Patrícia Fonseca Oliveira (CDS/PP), pelos socialistas José Vieira da Silva, António Gameiro e Idália Serrão, pelo bloquista Carlos Matias e por António Filipe, da CDU.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here