Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 31, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém/Caxarias: Piscinas com desfribilhação automática

As piscinas municipais de Ourém e de Caxarias já contam com equipamentos de desfibrilhação automática. Segundo a Câmara de Ourém “esta medida permite uma maior eficiência na prestação de auxílio de primeiros socorros a vítimas de acidentes cardiorrespiratórios (ex.: fibrilhação ventricular) que possam acontecer nestas instalações”.

- Publicidade -

“Para o efeito receberam formação, em socorrismo e emergência, 11 recursos humanos afetos a ambas as piscinas, bem como um conjunto de 6 pessoas pertencentes a clubes desportivos com atividade desportiva assídua nas piscinas municipais (Juventude Ouriense com 4 formandos/operacionais + CCDCaxarias com 2 formandos/operacionais)”, informa a autarquia.

“Em Portugal, as doenças cardiovasculares constituem um dos problemas de saúde mais graves para a população. A maioria das mortes evitáveis associa-se à doença coronária e ocorre fora dos hospitais, permitindo a evidência empírica afirmar que, em metade dos casos de paragem cardiorrespiratória (PCR), as vítimas não chegam com vida aos hospitais, sendo muitas vezes a morte súbita a primeira manifestação dessa doença. Em Portugal ocorrem cerca de 10.000 casos todos os anos”, continua.

- Publicidade -

“A taxa de sobrevivência de uma vítima de paragem cardiorrespiratória situa-se atualmente em valores inferiores a 5%. Contudo, a desfibrilhação precoce e o início de manobras de suporte básico de vida (SBV) podem aumentar significativamente a taxa de sobrevivência para valores superiores a 60%”, termina.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome