Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Maio 8, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Velha escola do Zambujal vai receber espólio bibliográfico de Sérgio Ribeiro

O antigo eurodeputado e histórico do PCP, Sérgio Ribeiro, natural do Zambujal, Ourém, assinou no dia 30 de abril um protocolo de doação de todo o seu espólio bibliográfico à Câmara Municipal de Ourém. São alguns milhares de livros e documentos (não se sabe número exato) que vão integrar o “Centro de Documentação Joaquim Ribeiro”, a instalar na escola primária desactivada do Zambujal. Uma homenagem ao pai do autarca. O acervo tem uma forte componente sobre a União Europeia, Economia e História de Ourém.

- Publicidade -

“É sempre muito difícil para um ser humano confrontar-se com a sua perenidade”, constatou Sérgio Ribeiro no início da sua intervenção, “e deve fazê-lo de forma lúcida”. O autarca reconhecia assim que olhou em volta e apercebeu-se que muito do  que acumulara ao longo da vida, e que para si teve tanta importância, corria o risco de perder-se. Classificava assim este 30 de abril, o encerramento da Feira do Livro de Ourém, como “mais um primeiro dia do resto dos meus dias”.

Sérgio Ribeiro propôs à Câmara de Ourém que aceitasse o seu acervo documental, composto por um extenso património de livros e documentos, mediante um protocolo que prevê a criação de um “Centro de Documentação”. Este espaço, a instalar na escola devoluta do Zambujal, recebe também o nome do seu pai, Joaquim Ribeiro, em jeito de homenagem.

- Publicidade -

Segundo o protocolo, lido para os presentes numa sessão solene no edifício clássico dos Paços do Concelho, está ainda prevista a criação de uma “Liga de Amigos do Centro de Documentação”. Esta associação formalizará também um protocolo com o município, após a sua constituição, e terá determinadas responsabilidades sobre o espaço. No texto é ainda referido um “fundo financeiro” para promover atividades.

O “Centro de Documentação Joaquim Ribeiro” ficará dividido em sete temáticas: Europa, Associativismo ouriense, História de Ourém, Zambujal e arredores, Economia, Literatura vária e Documentos de intervenção cívica. Cada temática tem vários subtemas, sendo a Europa, conforme exposto na ocasião, a que mais se destaca, nomeadamente com bibliografia ligada à União Europeia.

“O concelho também tem uma dívida com Sérgio Ribeiro”, comentou o presidente da Câmara, Paulo Fonseca, na ocasião, “de participação cívica, de uma certa rebeldia para com o status quo, na vontade de renovar o mundo todos os dias”. “Foi uma figura das letras, das artes, do pensamento”, sintetizou.

Aos jornalistas, Paulo Fonseca esclareceu que a velha escola primária de Zambujal vai receber uma pequena intervenção, de forma a garantir as condições de humidade e segurança a uma biblioteca.

 

 

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome