Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Outubro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | “Ucharia do Conde” reativada pela ADIRN como “Taverna Medieval”

Com o objetivo de reativar a “Ucharia do Conde”, o município de Ourém aprovou na reunião camarária de 5 de março, segunda-feira, uma proposta de protocolo que define a cedência de utilização e de exploração do espaço à ADIRN – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Norte. O espaço, encerrado há vários meses, reabre a 28 de março.

“A cedência tem como objetivo a instalação de uma Taverna Medieval, com espaço de promoção e comercialização de produtos locais e a dinamização de um pólo da Escola de Artes Medievais”, refere nota de imprensa da Câmara. O documento contempla ainda a utilização da velha escola primária da vila medieval de Ourém. Este espaço “servirá de apoio à realização de eventos no Castelo de Ourém, além de espaço para ensaios e arrumos”.

“Este protocolo pretende otimizar a utilização da “Ucharia do Conde” e contribuir para a criação de novos postos de emprego, proporcionando melhorias nas atividades económicas e culturais locais, beneficiando a população residente e os turistas”, refere a mesma informação.

“Ucharia” é um nome antigo para dispensa. A “Ucharia do Conde” situa-se no edifício da antiga prisão da vila medieval de Ourém, tendo sido já reativada em 2011 para ser dinamizada pela associação “Fundo Social dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Ourém”. Na época era um espaço de promoção de produtos locais.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome