Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Novembro 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Transformação da ex-EB do Zambujal em Centro de Documentação vai avançar

O município de Ourém apresentou à vereação e à assembleia municipal, nas sessões respetivas de dias 18 e 19 de fevereiro, o projeto de execução do Centro de Documentação Joaquim Ribeiro, que vai receber o acervo bibliográfico do antigo eurodeputado Sérgio Ribeiro. As obras de requalificação da antiga escola básica (EB) do Zambujal para este efeito estão orçadas em 137 mil euros, pelo que a Câmara de Ourém se prepara para lançar uma consulta prévia a três empresas.

“Julgo que o projeto ainda este ano será uma realidade”, comentou o presidente Luís Albuquerque (PSD) à comunicação social, naquele que designa como “um projeto feliz”. O Centro de Documentação Joaquim Ribeiro resulta do protocolo firmado em 2017 entre o município de Ourém e o munícipe Sérgio Ribeiro, que define a doação do acervo documental e bibliográfico do antigo eurodeputado e o mais longo membro da assembleia municipal de Ourém.

Segundo nota de imprensa, “o projeto de execução contempla uma intervenção interior de adaptação à nova funcionalidade do espaço e de resolução de algumas patologias detetadas. O Centro de Documentação Joaquim Ribeiro terá duas salas principais (Tertúlia e Biblioteca), um espaço de cafetaria de apoio, vestíbulo, área de arrecadações de apoio e instalações sanitárias”.

Protocolo foi assinado em abril de 2017, ainda na gestão socialista, e prevê também a criação de uma Liga de Amigos do Centro de Documentação Joaquim Ribeiro. Foto: mediotejo.net

“O objetivo passa por manter a traça e identidade do edifício original, tanto a nível exterior como, sempre que possível, interior. Será também tida em conta a eficiência energética do edifício, através da implementação de isolamento adequado, seleção de iluminação e substituição integral de todos os vãos. Será instalado material com bom comportamento acústico nas duas salas principais e no capítulo das acessibilidades, o projeto reflete com rigor o cumprimento das respetivas normas regulamentares. Exteriormente a intervenção resume-se a trabalhos de manutenção, limpeza e pintura das alvenarias e serralharias”, clarifica a mesma informação.

O projeto do Centro de Documentação Joaquim Ribeiro (uma homenagem ao pai de Sérgio Ribeiro) tem um prazo estimado de execução de 11 meses. O acervo que aqui será disponibilizado para o público é em grande medida sobre a União Europeia, Economia e a História de Ourém.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome