Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Julho 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém: Saneamento e mais mobilidade em Avenida de Ourém

O projeto de requalificação da avenida D. Nuno Álvares Pereira (a estrada central de Ourém) foi apresentado ao elenco camarário na reunião de 4 de março, sexta-feira. Saneamento, estacionamento, mais mobilidade, uma nova rotunda, passeios, foram os pontos mais destacados pela equipa que projetou os trabalhos.

De recordar que a requalificação desta avenida tem sido consecutivamente adiada devido à controvérsia entre a Câmara de Ourém e a concessionária de água, Be Water, sem a qual não seria possível avançar com a obra. Tendo ambas as instituições chegado a acordo, é agora possível avançar com este projeto.

Segundo explicou o presidente da câmara, Paulo Fonseca, o tópico aprovado por maioria na reunião de 4 de março diz apenas respeito a uma aprovação geral, sendo que o projeto terá que sofrer ainda uma revisão e nova aprovação em sede de executivo. Tanto a coligação PSD-CDS como o MOVE  pediram um adiamento da votação para melhor consulta do plano, mas Paulo Fonseca frisou que todo o processo já estava demasiado atraso e que este passo nem era definitivo.

A avenida não vai sofrer grandes alterações, apenas uma requalificação do já existente e uma rotunda a substituir o cruzamento de Santa Teresa (junto às Bombas da Galp), para melhor fluidez do trânsito. Estacionamento, sinalização, melhoramento de passeios e arborização, assim como equipamentos urbanos (ecopontos e abrigos de espera de autocarro) estão equacionados, além das obras de saneamento, com instalação de fibra ótica. Os técnicos que apresentaram o plano salientaram ainda vários trabalhos de eliminação de degraus, de forma a criar mais acessibilidade.

Esta parte do projeto recebeu o voto contra da coligação PSD-CDS e a abstenção do MOVE.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome