Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Novembro 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Ryanair foi a Fátima apresentar ligação aérea a Lourdes e aeroporto no Centro entrou na discussão

A companhia aérea low-cost Ryanair criou um voo direto entre Lisboa e o pequeno aeroporto internacional de Tarbes – Lourdes – Pyrénées, a cerca de 10 quilómetros da cidade religiosa de Lourdes, França. A ligação abre a 2 de abril e vai ser constituída, para já, por um voo (em ambas as direções) às terças-feiras e aos sábados, a cerca de 25 euros a viagem. O anúncio foi realizado esta quinta-feira, 7 de março, durante o Workshop Internacional de Turismo Religioso, em Fátima, e deu ânimo às entidades oficiais para falarem abertamente do potencial de um aeroporto mais perto de Fátima, que possa integrar uma rota, já em desenvolvimento, das cidades santuário da Europa.

- Publicidade -

A ligação aérea foi anunciada pela presidente de Lourdes, Josette Bourdeu, que com satisfação considerou ser este o “aeroporto de Lourdes”, dada a grande proximidade à cidade de Santa Bernadette, cujas aparições de Nossa Senhora decorreram no século XIX.

Em conferência de imprensa, a autarca e o diretor do aeroporto de Tarbes – Lourdes – Pyrénées explicaram o trabalho que foi desenvolvido para que este aeroporto possa ser a base de ligações diretas a várias cidades europeias de cariz religioso, criando assim o início de uma rede de interligação que possa potenciar a longo prazo este tipo de turismo católico.

- Publicidade -

Workshop de Turismo Religioso tornou-se o maior evento de promoção de turismo religioso do mundo, foi diversas vezes afirmado. (esq-dirt) ACISO, Câmara de Ourém, Turismo de Portugal e Turismo do Centro Foto: mediotejo.net

Dentro deste programa está a ligação direta Lisboa – Lourdes, que a partir de abril passa a contar com dois voos por semana através da companhia aérea Ryanair, numa viagem de duas horas por cerca de 25 euros. Na perspetiva, foi mencionado, está um trabalho cada vez mais próximo a Ourém-Fátima que possa dinamizar a economia de ambos os municípios.

Satisfeito com o crescimento desta edição do Workshop de Turismo Religioso, o presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, aproveitou a ocasião para anunciar que a associação de municípios Shrines of Europe (Santuários da Europa) chegou na quarta-feira, dia 6 de março, finalmente a acordo, assinando um acordo de intenções para a criação de uma associação específica para potenciar uma rede europeia de santuários marianos.

“Para que em rede possamos trabalhar melhor tudo o que diz respeito a estes santuários. Este passo é importante para esse fim que nos estamos a propor”, adiantou.

Todo este trabalho, continuou, permite abrir uma janela de oportunidade para potenciar um aeroporto na zona Centro de Portugal. A região está interessada e o Governo começa a trabalhar nesse sentido, sendo mais uma forma de aproximar estes municípios que possuem destinos religiosos, defendeu.

Shrines of Europe chegaram finalmente a acordo para criar uma nova associação que dinamize uma rota de cidades santuário europeias. (esq-dirt) Presidente de Altotting (Alemanha) e presidente da Câmara de Ourém Foto: mediotejo.net

Em declarações aos jornalistas, Luís Albuquerque explicou que este acordo entre os municípios da Shrines of Europe resulta das conclusões um estudo da Universidade da Aveiro em torno da dinamização de uma rota de cidades santuário europeia. Com a nova associação, esclareceu, será possível concorrer a fundos europeus destinados a este tipo de projetos, debate que tem estado no centro das últimas reuniões do Shrines of Europe em que tem participado.

Quanto ao aeroporto, Luís Albuquerque não tem preferência entre Monte Real ou Tancos, uma vez que se situam sensivelmente à mesma distância de Fátima. “Nós queremos o aeroporto na região”, afirmou.

Interpretando o interesse da Raynair em fazer o lançamento de uma nova rota aérea em Fátima como “um sinal”, também Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro, considerou estarem reunidas as condições para se falar abertamente de um aeroporto na região.

“O turismo religioso alavanca o crescimento e pode sustentar no Centro uma área aeroportuária”, defendeu, afirmando que a rede de cidades santuário em desenvolvimento é mais um argumento de peso para este projeto.

Para Pedro Machado a melhor localização seria em Monte Real, uma vez que há um estudo que aponta para um investimento na ordem dos 30 milhões de euros para criar a estrutura. “É possível, é viável, assim o poder político o queira”, afirmou.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome