- Publicidade -
Sexta-feira, Dezembro 3, 2021
- Publicidade -

Ourém | Rota das Carmelitas deverá estar concluída em maio

O município de Ourém está a concluir, juntamente com municípios do distrito de Coimbra e Leiria, a última fase da Rotas da Carmelitas. A informação foi avançada pelo presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, numa reunião informal com jornalistas dia 19 de dezembro, depois da reunião camarária privada. A previsão é que as obras estejam concluídas em maio de 2018.

- Publicidade -

O projeto Caminhos de Fátima – Rota das Carmelitas existe desde 2010, tendo tido uma primeira fase de operacionalização em 2011. Nesse ano foi realizada a apresentação pública da rota, cuja georeferenciação do traçado possibilitava já a sua utilização como percurso de peregrinação, refere a informação disponível na página da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional  (CCDR) do Centro.

Ficava a faltar, na época, a concretização no terreno das intervenções que assegurariam uma adequada e completa estruturação da Rota, nomeadamente a sinalização, qualificação e segurança da rota, colocação de placas informativas sobre locais a visitar, alojamento, alimentação, postos de saúde, lojas e vias alternativas, adiantava uma notícia  publicada também em 2011 no jornal Público, citando a Lusa.

- Publicidade -

Nos últimos anos não foram avançadas mais novidades sobre esta última fase, tendo Luís Albuquerque anunciado agora que deverá ser concluída até maio. Um investimento, a nível do município de Ourém, na ordem dos 230 mil euros (com apoio de fundos comunitários), referiu, que atravessará o concelho, de Freixianda até Fátima, em cerca de 42 quilómetros.

O percurso passa pelos concelhos de Coimbra, Condeixa-a-Nova, Penela, Ansião, Alviázere e Ourém, tendo como ponto inicial o Carmelo de Coimbra, onde a Irmã Lúcia viveu os últimos anos da sua vida, e final o Santuário de Fátima. Terá um total de 111 quilómetros.

 

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome