Ourém | Quem optar por escolas fora do concelho pode não ter direito a transporte escolar

Foto ilustrativa Foto: Pixabay

O ano letivo 2018/2019 vai abrir com algumas alterações ao financiamento de transportes escolares pelo município de Ourém. A menos que o aluno tenha escolhido um curso profissional ou outra opção curricular que não exista no concelho, a Câmara Municipal não vai pagar transportes escolares a quem opte por estudar em escolas mais longe que as que existem no território.

PUB

A informação foi avançada pelo presidente Luís Albuquerque numa reunião informal que decorreu na quarta-feira, 22 de agosto. Todos os alunos que optem por um estabelecimento de ensino que fique mais longe de suas casas que os do concelho, perdem o direito ao financiamento do transporte escolar.

Há exceções caso os cursos escolhidos não existam no município ou se a escola ficar mais perto de casa, mas mesmo neste último caso o apoio ao transporte ficará reduzido em 50%.

PUB

“Parece que é justo”, comentou o autarca. Quanto aos colégios de Fátima, o município vai financiar o transporte dos alunos de Fátima e das freguesias confinantes, assim como os que já estão a frequentar as escolas.

 

 

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here