Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém: PSD-CDS questiona utilização de marca “Agroal” em produtos cosméticos

“Agroal Natural Cosmetics” é uma linha de produtos dermocosméticos elaborados a partir da água da nascente do Agroal, freguesia de Formigais, que possui propriedades curativas a nível de pele. Desde finais de 2015 que um placar a anunciar estes produtos está à saída de Ourém, o que levou a oposição PSD-CDS a questionar o uso do nome e o pagamento de royalties à Câmara Municipal, na reunião camarária de 5 de fevereiro.

“No início da Avenida D. Nuno Álvares Pereira está afixado um cartaz, fazendo publicidade a produtos da marca Agroal”, referiu o vereador José Manuel Poças da Neves. “Sendo uma das «jóias da coroa» do Turismo do nosso Concelho, pode o nome «Agroal» ser registado por um qualquer particular, ou teve que existir alguma autorização expressa da Câmara Municipal? Tratando-se de uma marca identificadora de um produto turístico do nosso Concelho deveria ou não estar associado ao pagamento de royalties?”, questionou. A interpelação não recebeu uma resposta objetiva do presidente da Câmara, Paulo Fonseca, comentando apenas que não sabia.

A loja situa-se na rua Alexandre Herculano, na cidade de Ourém, e tem à venda vários produtos feitos à base da água do Agroal, tais como cremes de corpo hidratantes, sabonetes ou cremes de rosto. De recordar que a praia fluvial do Agroal, a nascente do rio Nabão, é muito procurada, mesmo no inverno, por pessoas com problemas de pele, como a psoríase.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome