Ourém | Promotor desiste de mega projeto de painéis solares em Caxarias

O executivo municipal de Ourém revogou na reunião de 9 de novembro, segunda-feira, o arrendamento de um terreno municipal, localizado na Chã, freguesia de Caxarias, destinado a um projeto de painéis fotovoltaicos. Segundo o presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, o promotor não conseguiu as licenças necessárias e desistiu do projeto.

PUB

O terreno municipal em causa foi arrendado mediante hasta pública e já havia sido noutra época candidato a projetos alternativos que nunca se concretizaram, como um campo de golfe. Desta vez o município pretendia direcioná-lo para a instalação de painéis fotovoltaicos, para compra e venda de energia.

A hasta pública para arrendamento por 30 anos foi aprovada na reunião camarária de 10 de dezembro de 2018, depois do município ter sido abordado por uma empresa que queria investir 15 milhões em 32 hectares do terreno. O lucro previsto para a Câmara era de 1,6 milhões. A renda anual era 50 mil euros, com uma primeira renda de 150 mil euros, adiantou na ocasião aos jornalistas Luís Albuquerque.

PUB

Na sessão de segunda-feira foi dado conhecimento que este projeto não irá avançar, tendo o interessado desistido do mesmo. O terreno regressa assim ao município, sem ter para já outra perspetiva de utilização.

PUB
PUB
Cláudia Gameiro
Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).