Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Professora Graça Martins entre os finalistas ao Global Teacher Prize Portugal

Graça Martins, professora de Artes Visuais no Agrupamento de Escolas de Ourém, é uma das finalistas a nível nacional à Menção Honrosa – “Adaptação e Inovação no Ensino à Distância”, promovida pela Global Teacher Prize Portugal. Os resultados serão conhecidos na próxima sexta-feira, 30 de outubro.

- Publicidade -

A ideia partiu dos alunos, admitiu Graça Martins ao mediotejo.net, que viram o concurso na televisão e sugeriram o nome da professora. Os organizadores Global Teacher Prize Portugal acabaram por a contactar, explicou, tendo preenchido o formulário para o prémio relacionado com o trabalho em tempo de confinamento.

Nesta área, admite, apresentou vários dos projetos que desenvolveu com os alunos à distância. O mais importante, realça, terá sido a exposição virtual realizada em parceria com a Câmara Municipal de Ourém e com a qual concorreram à World Arts Education Alliance, no âmbito da Semana Internacional de Educação Artística. “Acabámos por ir mais longe”, constata a docente, uma vez que, através dos meios digitais, a exposição com trabalhos dos alunos passou os limites do concelho.

- Publicidade -

Muito satisfeita por se encontrar entre os finalistas, Graça Martins teve entretanto que fazer um vídeo e ficou surpreendida pelo envolvimento dos alunos, que dominaram todos os aspectos deste novo desafio. “Fico fascinada com a capacidade de se envolverem” em toda esta iniciativa, comentou, realçando mais uma vez que, afinal, foi por causa deles que todo o processo do prémio se desencadeou.

O Global Teacher Prize Portugal é a versão portuguesa de um prémio internacional, no valor de 30 mil euros (para a escola a que pertence o professor), tendo a menção honrosa o valor de 5 mil euros (também para a escola). O objetivo deste galardão é valorizar o trabalho dos professores para o país e respetiva comunidade.

O prémio tem o apoio da Fundação Galp e da Delta Cafés que, no âmbito das respetivas missões de responsabilidade social, financiam o projeto como parceiros e ainda com a TVI, a Rádio Comercial, o jornal Observador e a Federação Portuguesa de Futebol, que também se associaram ao projeto para apoiar a sua divulgação. Conta ainda com o apoio da GFK, Cision, Strongnet e com a PwC, que audita as candidaturas.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome