Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Outubro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Paulo Praça traz “espetáculo de artes” em filme-concerto no Teatro Municipal (c/áudio)

O músico Paulo Praça leva este sábado ao Teatro Municipal de Ourém (TMO), às 21h30, o filme-concerto “Onde”. Este é um projeto musical “inspirado na poesia de Vila do Conde”, nomeadamente de José Régio, que congrega várias formas de artes e é acompanhando pela exibição de curtas-metragens. José Cid e Fausto Bordalo Dias também comparecem, mas em formato “virtual”.

- Publicidade -

Paulo Praça é cantautor, compositor, multi-instrumentista e produtor. Ao longo da sua carreira tem colaborado com vários grupos e artistas, como 3 Tristes Tigres, GNR, Pedro
Abrunhosa e The Gift. Foi fundador dos grupos TurboJunkie, Grace e Plaza. É um dos elementos do”Amália Hoje”.

- Publicidade -

O filme-concerto que traz a Ourém, o segundo espetáculo da digressão “Onde”, resulta de um livro-disco com o mesmo nome lançado há um ano. “Inspirado na poesia de Vila do Conde”, adianta o artista ao mediotejo.net, este é um trabalho de 15 canções acompanhadas por curtas metragens, com letras de Valter Hugo Mãe, José Régio, Jorge Cruz, entre outros autores.

“É um espetáculo único”, garante Paulo Praça, salientando a boa reação do público no primeiro evento em Ovar”. “A ideia é levar este espetáculo ao máximo de teatros portugueses”, adianta, referindo que “artisticamente é um trabalho irrepreensível” que acaba por englobar várias artes, desde a poesia ao cinema, com um momento particular de um pintor a pintar Vila do Conde.

“É um elogio às artes”, frisa, além de fortemente identitário, que vai atrair qualquer pessoa que aprecie o mundo artístico. 

De setembro a novembro, a digressão “Onde” passa por vários locais, desde Ovar, Ourém, Vinhais, Arcos de Valdevez, Pombal, Estarreja, Fundão, Coimbra, Alcobaça ou Paredes. Em palco vão estar Paulo Praça & Os Intocáveis: Eurico Amorim -Teclados, Andrés
Malta – Baixo e Pedro Martins – Bateria (músicos da banda de Pedro Abrunhosa) 

A digressão é uma iniciativa promovida pela 1bigo – artistas e eventos, co-financiada pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, enquadrado no COMPETE 2020.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome