PUB

Ourém | Obra da ligação do IC9 à Zona Industrial arranca este ano

A empreitada de requalificação da ligação da Zona Industrial de Casal dos Frades (Seiça) ao nó do IC9 foi oficialmente consignada à Lena Engenharia e Construções, SA, avança o município de Ourém em nota de imprensa. A obra vai ser completamente suportada pela Câmara Municipal, num montante de perto de 2 milhões de euros.

PUB

O presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Albuquerque, assinou esta semana o Auto de Consignação, em conjunto com um representante da firma e dos técnicos municipais responsáveis pelo acompanhamento da obra.

Orçada em 1.820.000 euros, a empreitada vai ser totalmente financiada pela Câmara
Municipal de Ourém, “representando um esforço significativo através do qual se pretende criar as condições necessárias de mobilidade e segurança aos empresários instalados na Zona Industrial de Casal dos Frades, assim como aos automobilistas e peões que transitam nesta via, que é também um dos principais acessos à sede do nosso Concelho”, refere a mesma informação.

PUB

Entre outros trabalhos, está previsto o alargamento da faixa de rodagem em toda a extensão da obra, a construção de uma rotunda na entrada nascente da Zona Industrial, assim como passeios em ambos os lados da via, zonas de estacionamento, instalação de rede de drenagem de esgotos domésticos e pluviais, e rede de recolha de resíduos sólidos urbanos.

PUB
PUB
Cláudia Gameiro
Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).