Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Novembro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém: Nó IC9-A1 em 2017

O vereador da coligação PSD-CDS, Luís Albuquerque, questionou na reunião de câmara de 5 de agosto, sexta-feira, qual o ponto de situação relativo  à ligação IC9-A1, em Fátima. O autarca mencionava uma visita do Ministro do Planeamento a Abrantes, em que este referiu que novas acessibilidades só estão previstas para depois de 2020. O presidente da Câmara, Paulo Fonseca, explicou que a garantia que lhe foi dada é que o Nó IC9-A1 avança em 2017.

“Independentemente dos Governos procuro ter sempre a mesma postura: já não estou a gostar da lentidão das Estradas de Portugal” (atual Infraestruturas), começou por avançar Paulo Fonseca. O autarca salientou que há vários conflitos com estradas entre a Câmara e a Infraestruturas de Portugal (IP), mas que não tem conseguido trazer respostas concretas das reuniões com a entidade.

Em todo o caso, dentro do Centenário das Aparições, o atual troço que liga a saída do IC9 a Fátima e à entrada da A1 deverá sofrer uma requalificação em breve, com tutela da IP, sendo esta uma zona que tem registado muitos acidentes. “Mas esta solução não serve”, frisou o presidente, constatando que aquela via é muito frequentada por peregrinos e é preciso haver passeios em condições.

Sobre o prometido Nó entre o IC9 e a A1, Paulo Fonseca referiu que lhe foi garantido que avançaria em 2017. “Vamos aguardar”, terminou.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome