Ourém | Município avança na concretização de uma Zona Industrial na Freixianda

A Câmara Municipal de Ourém aprovou por unanimidade o projeto de execução referente à futura Área de Acolhimento Empresarial de Freixianda. No total, o município estima investir 4,5 milhões de euros neste empreendimento. O projeto será agora submetido a uma candidatura de fundos comunitários para parques industriais.

PUB

Em nota de imprensa, o município dá conta que”o projeto de execução da Área de Acolhimento Empresarial de Freixianda prevê a construção de um loteamento industrial num espaço com cerca de 11 hectares, junto à Estrada Nacional 356 e Rua do Valongo, zona considerada de baixa densidade e, como tal, com um conjunto de atrativos adicionais para as empresas que aqui se pretendam instalar”.

Esta futura Área de Acolhimento Empresarial contempla a criação de 19 lotes
destinados a indústria ou armazém. O projeto supõe a construção de uma rotunda de
acesso a esta nova infraestrutura, adianta a mesma informação. Entretanto, a Câmara de Ourém pretende adquirir terrenos, onde estima investir cerca de 600 mil euros.

PUB

“A Câmara Municipal de Ourém assume como uma das suas principais prioridades o apoio ao tecido empresarial e, neste contexto, a futura Área de Acolhimento Empresarial de Freixianda, juntamente com o trabalho desenvolvido na promoção da Zona Industrial de Casal dos Frades – Ourém e Zona Industrial de Chã – Caxarias, constitui mais um projeto estruturante para a captação de investimentos e para a fixação de mais empresas e pessoas no concelho de Ourém”, conclui.

PUB
PUB
Cláudia Gameiro
Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).