- Publicidade -

Ourém | Munícipe alerta que obras na Estrada da Loureira vão trazer problemas de circulação a Fátima

Um munícipe a residir na Estrada Municipal (EM)357, também conhecida por Estrada da Loureira ou Estrada de Leiria (saída norte de Fátima), contactou a oposição para dar conta que a requalificação que está a ser feita à estrada vai causar um conjunto de problemas de circulação. A pessoa em causa é engenheira de profissão e já contactou o município em 2020, tentando alertar para a situação. Na reunião de câmara de 5 de abril, segunda-feira, porém, o executivo PSD-CDS explicou que o projeto teve visto do Tribunal de Contas e é demasiado tarde para alterações.

- Publicidade -

A questão foi apresentada pela oposição PS, através da vereadora Cília Seixo. Segundo explicou, os vereadores receberam uma munícipe de Fátima, Lisete Laíns Frazão, que apontou um conjunto de problemas às obras em curso na EM 357, onde reside.

“De acordo com a munícipe, desde setembro de 2020 tem tentado contactar com os serviços da Câmara e com o Executivo no sentido de alertar para uma serie de aspetos previstos na obra que irão dificultar o transito e a vida dos fatimenses após a sua conclusão, sem ter tido até ao momento nenhum feedback para as considerações e sugestões que tem feito no sentido de melhorar as condições de transitabilidade daquela via e das que lhe estão subjacentes”, referiu.

- Publicidade -

Segundo a oposição, apesar da obra estar em curso, “há pequenos aspetos técnicos que, não envolvendo custos adicionais ou alterações significativas no que está traçado, podem implicar melhorias significativas na qualidade de vida futura dos fatimenses”.

“Os vereadores do PS, tendo ouvido a munícipe em causa, considerando a sua experiencia profissional, o conhecimento da utilização direta das vias que estão a ser requalificadas e o seu empenho cívico na melhoria das condições de trafego naquelas vias, consideram importante que o seu contributo seja ouvido pelos técnicos e vereador responsáveis pela obra em curso e sugerem a marcação urgente de uma reunião com a munícipe em causa”.

Na discussão, o executivo PSD-CDS admitiu que havia recebido as informações, mas que estão já chegaram demasiado tarde. O projeto foi aprovado pelo Tribunal de Contas e não pode ser alterado.

Cília Seixo apelou, porém, a que a Câmara reúna com a engenheira, uma vez que os problemas apontados podem ainda ser retificados e vão melhorar a qualidade de vida dos utentes.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -