Ourém | Luís Albuquerque dá lugar a Humberto Antunes na concelhia do PSD

Humberto Antunes Foto: D.R.

O presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Albuquerque, e líder da comissão política concelhia do PSD de Ourém anunciou na sua conta de facebook que vai deixar o último cargo, que ocupou durante seis anos. Na mesma mensagem anuncia que se candidata ao lugar, em lista única, Humberto Antunes, sendo que as eleições decorrem este sábado, 13 de janeiro, simultaneamente com a eleição para a comissão nacional do PSD.

PUB

Luís Albuquerque, eleito para a Câmara de Ourém em outubro, começa por manifestar o seu apoio à candidatura de Rui Rio a nível nacional. “Desde a primeira hora que assumi, nos lugares próprios, e mais tarde publicamente, o meu apoio ao Dr Rui Rio”, refere o autarca. “Faço-o por convicção, porque entendo que, nesta fase, é o candidato que melhor serve os interesses do partido, e acima de tudo, os interesses de Portugal”, defende.

Avança de seguida, na mesma mensagem nas redes sociais, que decorrem também este sábado as eleições para a Comissão Política de Ourém. “Ao fim de seis anos de intenso trabalho, deixo um cargo que muito me honrou e por onde tive a acompanhar-me companheiros extraordinários, que trabalharam de uma forma incansável, e que jamais esquecerei! Obrigado a TODOS!”.

PUB

O candidato que se segue à concelhia, refere, é Humberto Antunes, atual secretário da mesa da assembleia municipal de Ourém. Que “esteve sempre comigo, e que merece todo o meu apoio para continuar o trabalho que iniciámos há seis anos!”, termina.

Humberto Antunes tem 46 anos e é advogado com escritório em Ourém, pertencendo à delegação da Ordem de Advogados de Ourém. Nasceu na Alemanha mas veio viver ainda criança para Formigais, tendo sido presidente daquela junta de freguesia entre 2001 e 2009. Após integrar a lista de Vítor Frazão ao município, chegou a desempenhar durante alguns meses as funções de vereador na oposição PSD-CDS. Integra a assembleia municipal de Ourém desde o último mandato. É casado e pai de dois filhos, residindo atualmente em Fátima.

PUB

Contactado pelo mediotejo.net, Humberto Antunes referiu que o que o levou a candidatar-se foi o facto de ter sido vice-presidente da concelhia do PSD nos três últimos mandatos, tendo sido naturalmente indicado para ocupar a presidência. Dada a limitação de mandatos imposta pelos estatutos, Luís Albuquerque está impossibilitado de concorrer.

O autarca apresenta-se assim numa linha de “continuidade” do trabalho desenvolvido por Albuquerque, tendo como objetivo não só ir ao encontro dos militantes mais afastados, como procurar uma renovação através de gente nova, numa perspetiva de começar a preparar as próximas autárquicas.

Humberto Antunes salientou também a necessidade de fazer uma transição entre a Câmara e o partido, manifestando o seu apoio, mas também exigência quando necessário.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here