PUB

Ourém | Jovens das JMJ 2022 querem programa que inclua Fátima e Santiago de Compostela

O bispo auxiliar de Lisboa e responsável pelo comité organizador das Jornadas Mundiais de Juventude (JMJ) Lisboa 2022, D.Américo Aguiar, esteve em Fátima esta quinta-feira, 5 de março, para uma intervenção no Workshop Internacional de Turismo Religioso. Aos hoteleiros e agentes de viagens passou alguma informação sobre as experiências da logística deste evento em países como o Panamá ou Espanha, garantindo que o mais de um milhão de jovens tende a ficar mais tempo e a visitar os países anfitriões. Em 2022, o interesse passa por conhecer Fátima e Santiago de Compostela.

PUB

“A maioria dos jovens não fica em alojamentos”, admitiu D.Américo Aguiar ao público reunido no Workshop, mas com famílias e espaços públicos. No entanto, salientou, os últimos eventos têm potenciado um crescimento de 11% na hotelaria dos países recetores, pelo há sempre impacto neste setor económico.

Nas jornadas de Madrid (2011), adiantou, os jovens gastaram entre 13 a 55 euros diários. Há quem venha uma semana antes da data das JMJ, há quem fique mais uma seman depois. “Estou aqui a partilhar um conjunto de oportunidades, um pacote de três semanas”, comentou o prelado, referindo que a organização está a preparar um departamento para dar apoio às agências de viagens.

PUB

Falando à margem do Workshops à comunicação social, o prelado disse que a organização da JMJ 2022, que decorrerá em Portugal em data ainda não definida, mas que será no verão desse ano, está a correr com normalidade.

“É um processo de aprendizagem. Desde há muitos meses que trabalhamos em conjunto com o Panamá e temos de agradecer aos irmãos do Panamá ensinarem-nos com os seus erros, para não cometermos os mesmos erros na organização”, afirmou o bispo, acrescentando: “Estamos a dar os passos devagar e certos. O pé sempre no chão, para que a experiência dos jovens que virão a Portugal no verão de 2022 seja positiva”.

Segundo o bispo responsável pela operação logística da Jornada, “há muitos jovens que vêm uma semana antes e muitos que ficam uma semana depois”, estando a ser preparado o programa “Dias nas Dioceses”, que pretende levar as dioceses portuguesas a acolherem esses jovens para experiências locais.

“Queremos transformar estes jovens em embaixadores de Portugal nos seus países”, afirmou, sublinhando que há jovens, também, que “querem fazer as experiências de Fátima e Compostela” no período que antecede a Jornada Mundial.

“Estamos a falar com os responsáveis de Santiago e de Leiria-Fátima, para ver como organizar esta experiência”, disse, acrescentando que as inscrições para a participação no encontro mundial que será encerrado pelo Papa nos terrenos junto ao Tejo, a norte do Parque das Nações, vão ser abertas o mais cedo possível, “logo que esteja definido o custo” dos serviços de eu os jovens usufruirão no período do evento, desde a alimentação aos seguros, passando pelos transportes.

Américo Aguiar aproveitou a ocasião para anunciar que já foram escolhidos o hino e o logótipo da Jornada, que serão divulgados após os autores ultimarem as peças depois de algumas observações dos organizadores.

A cerimónia de passagem dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude do Panamá para Portugal, prevista para 05 de abril, foi adiada para novembro, anunciou hoje o bispo responsável pelo Comité Organizador Local português, Américo Aguiar.

O adiamento ficou a dever-se ao surto de Covid-19, depois de recomendação das autoridades italianas, disse o bispo auxiliar de Lisboa.

“Aconteceria em Roma, no fim de semana dos Ramos [05 de Abril], o encontro do Discastério com todas as comitivas da pastoral da juventude do mundo inteiro. Esse encontro foi, por precaução, e por recomendação das autoridades sanitárias italianas, adiado para o fim de semana do Cristo Rei [22 de novembro], e a entrega do símbolo, a transição do Panamá para Portugal, também vai acontecer nesse fim de semana, de maneira que até lá a situação internacional de saúde pública possa estar estabilizada e possamos levar os mais de mil jovens que estão previstos de Portugal para estarem com o Papa nessa festa”, disse Américo Aguiar.

Falando à margem dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso, que hoje começaram em Fátima, o prelado disse, também, que a organização da Jornada Mundial de Juventude 2022, que decorrerá em Portugal em data ainda não definida, mas que será no verão desse ano, está a correr com normalidade.

c/LUSA

PUB
PUB
Cláudia Gameiro
Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).