Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém: João Carlos Lopes apresenta livro “Nós Queríamos Ser Artistas”

O Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador recebe João Carlos Lopes na próxima sexta-feira, dia 29, para a apresentação do livro “Nós queríamos ser artistas – Para Uma História da Música Moderna em Torres Novas (1945 – 1982)”. A obra resulta de um levantamento de mais de uma centena de grupos musicais que emergiram no concelho a partir da II Guerra Mundial.

- Publicidade -

Os interesses de João Carlos Lopes pela história local e a música fundem-se neste livro, editado pela Âmago da Questão em 2015. Através de pesquisa documental e entrevistas, o autor construiu uma enciclopédia da música moderna no concelho de Torres Novas durante quase quatro décadas com referência a datas importantes do percurso, como o lançamento do primeiro disco por uma banda local.

Na 11ª obra deste deputado municipal torrejano do Bloco de Esquerda são apresentados mais de uma centena de grupos musicais e respetivos elementos num trabalho cuidado e abrangente que o prefácio de Carlos Simões Nunes espelha bem “uma etnografia da música moderna em Torres Novas, centrada em quem a fez e dando visibilidade a fenómenos desaparecidos (…) Quando abrimos o livro, soltam-se de lá sonoridades de outros tempos”.

- Publicidade -

Sonoridades de outrora que serão relembradas a partir das 21h00 no Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador e cujo legado musical inspira as sonoridades dos dias de hoje.

A entrada é livre.

nos queriamos ser artistas
Cartaz

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here