Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Setembro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Inauguração das obras do Castelo adiada mas espaço reabre ao público na quarta-feira

A cerimónia de inauguração das obras de requalificação do Castelo de Ourém foi adiada para data incerta, devido à impossibilidade da presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Contudo, o município de Ourém mantém o programa cultural definido, com a abertura do Castelo ao público marcada para quarta-feira, dia 28 de julho. 

- Publicidade -

A informação do cancelamento da inauguração oficial de terça-feira, dia 27, foi avançada ao final da tarde desta segunda-feira, 26 de julho, sem mais pormenores sobre as razões que motivaram a não comparência do chefe de Estado.

A partir de quarta-feira, dia 28, há já a possibilidade de fazer visitas guiadas ao Castelo e Paço dos Condes de Ourém. De terça a domingo, às 10h30, 12h00, 14h30 e 16h00. Para tal é necessário inscrição prévia e os grupos estão limitados a 10 pessoas.

- Publicidade -

Com financiamento do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional de 1.671.380,58 euros, a reabilitação do Castelo de Ourém e Paço dos Condes representou um investimento que se situou nos 2,1 milhões de euros. O espaço vai passar a ter um centro de interpretação e um núcleo museológico, este último ainda em fase de conclusão.

Entre dias 27 de julho e 1 de agosto, para celebrar esta reabertura, o município disponibiliza uma programação cultural específica no Castelo, de acesso gratuito. Os visitantes poderão desfrutar nestes cinco dias da instalação musical “Gamelão de Porcelana e Cristal” e do espetáculo de artes visuais “Friction”.

No dia 27, a partir das 21h00, o Castelo de Ourém recebe a performance “Baile dos Candeeiros”, espetáculo que encerra as celebrações do dia de reabertura. No dia 28 de julho será a vez da dupla Dj Ride e Stereossauro, com o projeto “Beatbombers”, animarem a vila medieval a partir das 21h00, e no dia 29 os sons da trompete de Jéssica Pina inundam o Castelo de Ourém a partir das 18h00. Por fim, a harpista espanhola Angélica Salvi apresenta o seu espetáculo no dia 30 de julho, novamente a partir das 18h00.

Todos os espetáculos carecem de reserva de bilhete na Bilheteira do Teatro Municipal de Ourém, exceto o acesso ao “Gamelão de Porcelana e Cristal” e ao espetáculo de artes visuais “Friction”.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome