Ourém: Fátima, uma cidade em filmes às portas de 2017

Ao longo de 100 anos, muitas foram as produções ficcionais que dissertaram sobre os acontecimentos de Fátima. FOTO: montagem mediotejo.net

Terminaram a 22 de setembro as gravações da mini-série “Jacinta”, uma produção da TVI para 2017, centenário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima. Ao mesmo tempo, o realizador João Canijo trabalha num filme sobre a maior peregrinação nacional até Fátima, também para 2017. No mesmo ano, vai ser lançado um filme de animação com a voz do treinador José Mourinho e uma produção internacional fará um remake do filme de 1952 “O Milagre de Fátima”. A cidade religiosa vai entrar pelo grande e pelo pequeno ecrã no próximo ano, no culminar de um processo de mediatização que conta já com meio século de variadas interpretações dos acontecimentos de 1917.

PUB

Ao longo do último século, a história da Cova da Iria foi sendo consecutivamente reinterpretada pela literatura e pela sétima arte. Mas não de imediato! Passaram 30 anos até que a primeira produção cinematográfica chegasse às grandes salas, que permaneceu relativamente solitária durante outros 40 anos. O ponto de viragem deu-se com as primeiras visitas do Papa João Paulo II, nos anos 80, e o reconhecimento internacional da cidade Altar do Mundo. Desde então as produções ficcionais sobre Fátima, os três pastorinhos ou as circunstâncias que rodearam as Aparições, no dealbar da primeira República e da Grande Guerra, têm sido recorrentes. Com a aproximação do centenário de 2017 a ficção nacional e internacional parece ter-se voltado para a efeméride.

Há, quase sempre, primeiro um livro. As “Memórias da Irmã Lúcia” têm sido frequentemente a base dos conteúdos ficcionais e não ficcionais sobre Fátima. Há uma listagem significativa de documentários que têm sido produzidos e transmitidos nas cadeias televisivas nacionais e internacionais. O Santuário de Fátima mantém inclusive a projeção de alguns, de forma gratuita, na sua Colunata Norte.

PUB

Depois há as outras interpretações literárias, do qual o livro “Em teu Ventre” de José Luís Peixoto, em torno da vidente Lúcia, é a obra mais recente. Se as obras polémicas, como as do Padre Mário da Lixa, tendem as descredibilizar Fátima através de documentos, há outras, como as de José Rodrigues Miguéis, que o fazem por meio da ficção. Há ainda variados livros infantis que, apoiados nas memórias da Irmã Lúcia, resumem os acontecimentos da Cova da Iria. Maria Teresa de Maia Gonzalez também se lançou recentemente, a pedido do Santuário de Fátima, na produção de histórias para jovens apoiadas nos três pastorinhos.

Na ficção os factos oficiais mantêm-se, o que muda é a visão de quem realiza. Em 2004, pouco antes da morte da Irmã Lúcia, esta foi visitada em Coimbra pelo ator Mel Gibson e chegou-se a falar na ideia deste realizar um filme sobre Fátima. Mas a notícia nunca passaria do rumor.

PUB

Criticas sociais, histórias de devoção, reprodução dos acontecimentos, histórias de amor. O nome Fátima tem dado azo às mais variadas produções e até uma narrativa muçulmana sobre o choque de civilizações. A listagem que se segue teve como base o arquivo digital IMDB.

Nossa Senhora de Fátima – 1951

O primeiro registo documentado de um filme sobre Fátima data de 1951, uma produção espanhola com o título original de “La senora de Fátima”. Com realização de Rafael Gil, a película sobre as aparições de Nossa Senhora e a sua mensagem aos três pastorinhos foi gravada ainda a preto e branco.

O Milagre de Fátima – 1952

“The Miracle of Our Lady of Fátima” foi durante muitos anos o filme mais conhecido sobre Fátima. Uma produção americana de 1952, dos estúdios da Warner Brothers, gravada em Fátima com pessoas locais. Com realização de John Brahm, é nesta película que o administrador do concelho, Artur de Oliveira Santos, surge numa caracterização mais negativa, que ficaria no imaginário popular, apesar das tentativas mais recentes de amenizar a sua imagem. A banda sonora deste filme seria nomeada para os Óscares e retrata os acontecimentos e a envolvente histórica e social de 1917, com especial enfoque no milagre do sol.

PUB

Em maio de 2016, foi apresentado em Cannes o projeto do remake desta película, uma produção de 10 milhões de euros gravada ao longo do verão, em Roma, sob o título de “Fátima”. Com realização de Marco Pontecorvo, que trabalhou em “A Guerra dos Tronos”, engloba três produtoras americanas e uma italiana. Não são conhecidas ainda imagens ou a data de lançamento do filme.

O dia em que o sol bailou – 1988

Este é, até ao momento, o único desenho animado existente sobre as Aparições de Fátima. Filme de 1988 da “CCC of America”, com realização de Steven Hahn, segue a narrativa tradicional em torno dos eventos, num filme de 30 minutos. A história foi adaptada por Michael O’Mahony, a partir dos textos do Padre Robert J. Fox, e continua a ser possível encontrar a película em algumas lojas de Fátima.

Aparições de Fátima – 1991

Filme do documentarista e realizador de televisão francês Danielle Costelle, com participação da Irmã Lúcia, que retrata os acontecimentos da Cova da Iria de 1917 segundo as memórias da vidente. Não é uma obra muito conhecida, mas pode ser encontrada à venda em Fátima em várias línguas, misturando o registo documental com a reconstituição ficcional dos acontecimentos.

PUB

Fátima – 1997 

Foi a primeira produção nacional, ficcional, sobre Fátima, que reuniu em 1997 os atores mais proeminentes da época, como Joaquim de Almeida, Diogo Infante e Catarina Furtado. Esta versão, ao contrário das anteriores, é mais livre em termos de narrativa, envolvendo uma história de amor que já encontra os acontecimentos de Fátima sensivelmente a meio e culmina no milagre do sol, além de alguns elementos mais cépticos da história. Uma produção luso-italiana, com realização de Fabrizio Costa e concebida para televisão.

O Milagre segundo Salomé – 2004

Baseado no romance de José Rodrigues Miguéis, com a participação de Nicolau Breyner, Ricardo Pereira e Paulo Pires, entre outros, este filme de Mário Barroso é a obra mais céptica até ao momento em torno de Fátima e dos acontecimentos que deram origem ao fenómeno. Salomé é uma prostituta muito bonita, protegida por um banqueiro, que é confundida com Nossa Senhora pelos três pastorinhos. A partir daqui nascem uma série de peripécias, com o aproveitamento económico e político da sociedade em torno da confusão.

Portugal concorreu com este filme ao Óscar de melhor filme estrangeiro nesse ano, mas este não foi aceite. O livro em si esteve muitos anos escondido e a última edição data de 2004, quando o filme foi lançado.

PUB

O 13º Dia – 2009

Produção inglesa dos irmãos Dominic e Ian Higgins, possui a particularidade de recuperar o preto e branco da imagem, conjugando diferentes tonalidades e cor em momentos particulares da narrativa. Segue a linha tradicional de narração dos factos, com especial incidência no pano de fundo da primeira Guerra Mundial, a laicização do Estado e na desconfiança em torno dos três pastorinhos.

Um Himmels Willen – 2014 (Das Wunder von Fatima)

É uma das séries alemãs mais famosas daquela país, que vai já na 15ª temporada. A ação gira em torno de um convento na Baviera. Em 2013 as gravações de um dos episódios desta sitcom passaram por Fátima, tendo contado com  a participação de figurantes locais. O episódio estreou em 2014 e encontra-se disponível no youtube.

Fátima – 2015

PUB

Este filme não está relacionado com os acontecimentos da Cova da Iria, nem tão pouco com Portugal. É um drama francês, com apoio do Canadá, sobre uma mulher marroquina que nunca aprendeu completamente a língua do país de adoção e não consegue comunicar com as filhas. Quando sofre um acidente, deixa escrito em árabe tudo o que nunca foi capaz de dizer em francês.

Este filme de Philippe Faucon esteve nomeado para vários prémios europeus e venceu os César. O nome “Fátima” deve-se ao facto do termo ser, essencialmente, de origem islâmica e estar muito associado aos imigrantes muçulmanos que vivem em França. Fátima era a filha de Maomé e uma figura muito respeitada entre a vertente xiita.

Os filmes de 2017…

Há, para já, cinco produções com previsão de lançamento para o próximo ano, em torno das Aparições de Fátima. O Santuário de Fátima também tem apostado, no seu programa comemorativo, na criação de conteúdos, em vários formatos, de divulgação da mensagem de Fátima (teatro, dança, espetáculos, livros). Porém a sua participação em projetos de ficção cinematográfica tem-se resumido a alguns comentários de aceitação ou apoio da produção.

Filme em animação 3D vai chamar-se "Fé". FOTO: imaginew
Filme em animação 3D vai chamar-se “Fé”. FOTO: imaginew

– Com data marcada de estreia para 13 de maio de 2017, este será um filme de animação em 3D em torno dos acontecimentos de Fátima, que recebeu o apoio do Santuário. É uma co-produção entre a produtora portuguesa Imaginew e a produtora polaca Platige Image, que contará com as vozes do treinador José Mourinho e da atriz Dalila do Carmo.

PUB
Peregrinação de Vinhas a Fátima realizada por João Canijo. FOTO: PÚBLICO
Peregrinação de Vinhas a Fátima realizada por João Canijo. FOTO: PÚBLICO

Ámen – Esta é uma história de mulheres e da maior peregrinação nacional a Fátima (430 quilómetros), com início numa pequena aldeia na região de Vinhais, distrito de Bragança. O filme do realizador João Canijo tem Rita Blanco e Ana Bustorff como elementos do elenco, numa produção que será transmitida em 2017 pela RTP. A temática é o sacrifício e a fé.

Gravações da série "Jacinta" tiveram início dia 7 e vão decorrer em Fátima durante o mês de setembro. Foto: mediotejo.net
Gravações da série “Jacinta” tiveram início dia 7 e vão decorrer em Fátima durante o mês de setembro. Foto: mediotejo.net

Jacinta – A TVI encomendou à Coral Europa a produção de uma série baseada no livro de Manuel Arouca “Jacinta, a Profecia”. O elenco conta com Dalila do Carmo e Rita Salema, entre outros atores, também com data de estreia para 2017. Esta será uma história sobre os acontecimentos de Fátima pelo olhar da pastorinha mais jovem, Jacinta. A rodagem passou por Fátima durante o mês de setembro e teve a participação de mais de uma centena de figurantes locais.

A Casa do Povo de Fátima tem participado em várias produções, tanto em "Jacinta" como numa mini-série para a EWTN. FOTO: Casa do Povo de Fátima
A Casa do Povo de Fátima tem participado em várias produções, tanto em “Jacinta” como numa mini-série para a EWTN. FOTO: Casa do Povo de Fátima

Fátima – Este é um projeto internacional que junta as cadeias norte-americanas Origin Entertainment, Rose Pictures e Braven Films e a italiana Cinecittà Studios, inspirado no original de 1952 “The Miracle of Our Lady of Fátima”. Depois da apresentação em Cannes em maio, não foram divulgadas mais informações a respeito do projeto, apenas que as gravações decorreram em agosto perto de Roma.

The Message of Fatima – O maior canal católico do mundo, a EWTN, também se encontra a produzir um série de cinco episódios sobre Fátima, tendo realizado as gravações na cidade com a colaboração da Casa do Povo. A informação disponível refere que a série será transmitida aquando o centenário das Aparições.

Produções para serem vistas ou revistas num ano em que se espera a visita do Papa Francisco à cidade Altar do Mundo.

PUB

 

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here