Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Fátima e Caxarias vão ter equipas de intervenção permanente

A Câmara Municipal de Ourém aprovou, na reunião privada de 19 de novembro, segunda-feira, as propostas de protocolo a celebrar com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e com as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Caxarias e Fátima para a constituição de duas Equipas de Intervenção Permanente (EIP). Estes protocolos implicam uma investimento municipal 30.500 euros por entidade, ou seja, 61 mil euros anuais durante a vigência dos acordos.

- Publicidade -

As equipas vão ao encontro do que já existe nos Bombeiros de Ourém e têm por “objetivo garantir prontidão na resposta às ocorrências que impliquem intervenções de socorro às populações e na defesa dos seus bens. Estas equipas permitem melhorar a eficiência da Proteção Civil e as condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes, mediante a valorização das associações e corpos de bombeiros voluntários, enquanto verdadeiros pilares do sistema de proteção e socorro”, refere nota de imprensa.

As Equipas de Intervenção Permanente são compostas por cinco bombeiros em regime de permanência. A Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Câmara Municipal de Ourém comparticipam em partes iguais os custos decorrentes da remuneração dos elementos, bem como encargos relativos ao regime de Segurança Social e seguros de acidentes de trabalho.

- Publicidade -

Os protocolos para constituição de Equipas de Intervenção Permanente nas Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Caxarias e Fátima são válidos por um período de três anos e renováveis automática e sucessivamente por igual período.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome