Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Novembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Farmácias da sede do concelho preocupadas com transferência de nova unidade

As três farmácias sediadas na cidade de Ourém – Verdasca, Avenida e Tomé&Leitão – deslocaram-se à reunião de câmara pública de segunda-feira, 6 de maio, para confirmar junto do executivo se era verdade o pedido de transferência de uma farmácia de Fátima para a sede do concelho. Face à confirmação, o grupo manifestou preocupação com a situação, apontando o decréscimo da população.

- Publicidade -

O presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque (PSD-CDS), confirmou aos três representantes das farmácias oureenses que deu entrada nos serviços municipais um pedido de transferência de uma farmácia de Fátima para a cidade de Ourém. O município entretanto pediu pareceres sobre o caso à junta de freguesia e à ACISO – Associação Empresarial Ourém Fátima, os quais aguarda antes de discutir o tema.

Da parte das farmácias de Ourém ficou o alerta que este tipo de estabelecimentos não são espaços comerciais normais e que a população de Ourém se encontra atualmente nos 7 mil habitantes, e a decrescer, enquanto a de Fátima é o dobro, mais o número contínuo de população de passagem. Face ao sucedido, as três empresas adiantaram que pediram um estudo de viabilidade em relação à instalação de uma quarta farmácia, que ainda está a ser concluído.

- Publicidade -

Foi ainda deixado o alerta para a validade do parecer da ACISO, dado que os comerciantes nem sempre se identificam com a associação. Os responsáveis deixaram também a indicação de técnicos de saúde a quem o município pode recorrer para pedir uma opinião sobre a transferência da farmácia fatimense.

Antes de saírem os representantes das farmácias pediram uma reunião com o presidente para discutir o tema, mas a mesma não ficou agendada.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome