- Publicidade -

Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Ourém | Estádio Papa Francisco recebeu elite do triplo salto

O Estádio Municipal Papa Francisco, em Fátima (Ourém) foi escolhido como um dos palcos dos “Desafios de Verão”, uma iniciativa promovida pela Federação Portuguesa de Atletismo, que percorre o país promovendo o regresso à competição após as suspensões e cancelamentos provocados pela pandemia de Covid-19.

- Publicidade -

Ao final da tarde do dia 30 de junho decorreu a segunda parte do desafio “Voando Sobre a Areia”, um concurso que trouxe a Fátima a elite do setor feminino de Triplo Salto, desfalcada “apenas” da olímpica Patrícia Mamona, campeã europeia e recordista nacional da disciplina, que acabou por falhar este regresso à competição devido a uma lesão de última hora.

Evelise Veiga foi a grande vencedora. Depois do triunfo no Salto em Comprimento, no dia 23 de junho, a atleta do Sporting Clube de Portugal também levou a melhor no Triplo Salto.

- Publicidade -

A atleta do Sporting venceu a prova em Fátima. Foto: CMO

O presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque, fez questão de marcar presença em Fátima, entregando os diplomas e felicitando as atletas pelos resultados obtidos neste regresso à competição.

Realizado à porta em fechada por força das medidas de contenção em vigor, o concurso “Voando Sobre a Areia” ficou igualmente marcado pelo desempenho das atletas da casa: Agate Sousa e Ana Oliveira, do Grupo de Atletismo de Fátima (GAF) subiram ao 2.º lugar do pódio nos concursos de Salto em Comprimento e Triplo Salto, respetivamente.

O presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque, fez questão de marcar presença em Fátima, entregando os diplomas e felicitando as atletas pelos resultados obtidos neste regresso à competição. Foto: CMO

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome