Ourém | Escola e posto médico de Rio de Couros não vão encerrar

Reuniões com a população do executivo municipal foram retomadas em Rio de Couros, depois de uma paragem de seis meses. FOTO: mediotejo.net

A população da união de freguesias de Rio de Couros e Casal dos Bernardos, concelho de Ourém, foi chamada a ir colocar as suas questões ao presidente da Câmara, Paulo Fonseca, na noite de sexta-feira, 27 de janeiro, no edifício sede da união. Entre as várias dúvidas levantadas, os presentes questionaram sobre o futuro das escolas de 1º ciclo de Rio de Couros e Casal dos Bernardos, assim que o Centro Escolar de Caxarias for construído. Paulo Fonseca nada mencionou sobre Casal dos Bernardos, mas garantiu que não está previsto a escola de Rio de Couros fechar nos próximos tempos. Também o posto médico, apesar da degradação das condições do edifício, está a aguardar por um médico a tempo inteiro.

Numa freguesia afetada pelo envelhecimento da população e a diminuição de crianças, as grandes preocupações, mencionadas por vários populares, são as condições do posto de saúde e o encerramento das escolas de 1º ciclo. Sobre o posto de saúde foi inclusive entregue recentemente um abaixo-assinado ao município, apelando-se ao melhoramento das condições do edifício e levantando-se o receio que este também encerre em breve.

Quanto ao posto de saúde, tanto o presidente da junta, Manuel Dias, como Paulo Fonseca tranquilizaram a população, explicando que apesar das condições da estrutura este não está previsto fechar. Manuel Dias mencionou uma visita recente ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, deixando a mensagem que o problema das condições é conhecido e que a estrutura se irá manter.

PUB

Já Paulo Fonseca adiantou que estão a decorrer negociações para trazer uma médica de família a tempo inteiro para a extensão de saúde. Sobre o edifício, este é uma competência do Ministério da Saúde, explicou.

A população indagou também sobre o futuro das escolas de 1º ciclo de Casal dos Bernardos e Rio de Couros, questionando o que acontecerá quando o projetado Centro Escolar de Caxarias estiver concluído. Paulo Fonseca deixou apenas a garantia que não está previsto encerrar a escola de Rio de Couros, devendo-se avançar com algumas pequenas obras de requalificação nos próximos meses. “A escola de Rio de Couros nos próximos anos vai funcionar, mas a população está a baixar”, constatou o autarca.

No decorrer do encontro com a população Paulo Fonseca adiantou ainda que se vai avançar com uma requalificação de cerca de 300 mil euros da Estrada 356, troço de 20 quilómetros que o Tribunal decidiu recentemente ser da gestão do município. “Não é o projeto que eu queria”, admitiu o autarca, mas não há fundos comunitários neste momento que comparticipem obras em estradas. Não havendo dinheiro para uma requalificação em larga escala, nesta fase as obras serão apenas de limpeza de bermas e valetas e reposição de sinalização.

 

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here