Ourém | Donuts, a nova atração da pastelaria de Fátima que surgiu na pandemia

Espaço oferece cerca de 18 variadades de donuts de confeção artesanal Foto: mediotejo.net

Depois dos pastéis de Fátima, dos hambúrgueres, algumas experiências com chocolate e outras iniciativas de empreendedorismo ligadas à cozinha e pastelaria, com mais ou menos sucesso, eis que é chegado a Fátima o donut. A “Cloud Doughnuts” abriu ao público a 1 de junho e aposta na oferta de donuts artesanais, seguindo o modelo norte-americano. Garante a gerência que um donut confecionado no espaço é igual a qualquer casa da especialidade dos EUA. O preço ronda o um euro por unidade e, não obstante a pandemia e a fraca circulação em Fátima deste ano, a cafetaria tem conseguido manter uma média de vendas na ordem das 500 unidades por dia.

PUB

O donut que tem tido mais sucesso é o “donata”, uma receita que mistura o donut com o pastel de nata. Depois há o Franky (Francisco), a Jacy (Jacinta), a Lucy (Lúcia), o Monk (monge), a Nun (freira), o the Sin (o pecado) ou a Mary (Maria), entre 18 variedades diferentes de donuts.

Com tudo fechado e em pleno confinamento, o proprietário teve que socorrer-se da Amazon para conseguir abrir a 1 de junho Foto: mediotejo.net

As receitas são artesanais e confecionadas no espaço, seguindo o receituário típico norte-americano, em atrativas conjugações de recheios e coberturas. Há ainda o donut vegan e outro sem açúcar. Mas também se pode comer simplesmente o bom, simples e saboroso donut original.

PUB

A ideia partiu de Filipe Reis e da família, com ligações aos EUA. Ninguém aqui, nem mesmo o pasteleiro, é natural de Fátima nem tão pouco da região. “Passámos há um ano por cá e decidimos abrir negócio”, explica, frisando que Fátima é a cidade mais turística de Portugal a seguir a Lisboa. Como a capital já possui várias casas de donuts, ganhou preferência a cidade religiosa, com um produto menos gourmet do que o que se vende em Lisboa e mais próximo do conceito popular do donut americano.

Casa nasce seguindo o espírito do donut artesanal norte-americano Foto: mediotejo.net

A inauguração esteve prevista para antes de maio, mas a pandemia veio estragar os planos. Abrir a loja a 1 de junho foi um desafio. Filipe Reis admite que boa parte dos equipamentos e decoração chegaram pela Amazon e esteve seis meses a pagar uma renda sem fazer qualquer tipo de negócio.

PUB
“Donata” (direita) é o donut com mais sucesso na cafetaria Foto: mediotejo.net

A loja de donuts “Cloud Doughnuts” (conjugação da ideia de algo fofo, a “nuvem”, com o nome original do donut: doughnut) situa-se por trás do centro comercial Espaço Fatimae. Apesar de aparentemente ser uma rua escondida, o proprietário salienta a proximidade aos pastéis de Fátima e ao restaurante A Lebre, dois espaços bastante conhecidos da cidade religiosa. Os clientes, garante, têm aparecido, implementando-se aqui uma tradição que existe nos EUA: os profissionais de ofícios de serviço à comunidade, como bombeiros ou polícias, têm 10% de desconto.

Apesar de tudo, não se lamenta a pandemia. “Deu para nos irmos adaptando”, refere. “Vamos pouco a pouco” conquistando um espaço no já concorrido mercado pasteleiro da cidade de Fátima.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here