Ourém | Criação de Z.I. de Freixianda avança com aquisição dos primeiros terrenos

Freixianda. Foto: DR

A Câmara Municipal de Ourém aprovou em reunião de executivo a aquisição de cerca de 14 hectares de terreno, de um total de 17 previstos, para a futura Área de Localização Empresarial em Freixianda. O valor de investimento ronda os 81 mil euros. Para 2021 o investimento previsto em terrenos para esta futura Zona Industrial é de 305 mil euros.

PUB

“Entendemos que é uma área muito importante para a zona norte do nosso concelho, ainda por cima numa freguesia considerada de baixa densidade”, afirmou o presidente da Câmara, em declarações aos jornalistas, no final da reunião. Luís Albuquerque (coligação Ourém Sempre PSD/CDS-PP) lembrou que o Governo está a criar “e bem” mecanismos e incentivos para que as empresas se possam sedear nestas freguesias rurais.

Na reunião foi aprovado o contrato promessa de compra e venda de terrenos no valor aproximado de 81 mil euros. Para 2021 o investimento previsto em terrenos para esta futura Zona Industrial é de 305 mil euros.

PUB

É também intenção do município apresentar, até ao dia 31 de outubro, uma candidatura a um aviso a decorrer para parques industriais, para que possa ser iniciada, no curto prazo, a primeira fase das obras estruturais da referida zona industrial.

“A ideia é que até dia 31 de outubro possamos apresentar uma candidatura a um aviso que está aberto para parques industriais, com a expectativa de ser aprovado e se tal acontecer, obviamente teremos condições para, a médio prazo, podermos iniciar a 1ª fase. Se não for aprovado teremos de ser mais contidos e teremos de aguardar que possa haver financiamento”, explicou o autarca.

PUB

O projeto da futura Área de Localização empresarial da Freixianda está avaliado em mais de 2 milhões de euros.

Os três vereadores do PS optaram pela abstenção neste ponto repetindo os argumentos apresentados na reunião de 18 de novembro. Pela voz de Cília Seixo, criticaram o facto de não ter sido apresentado qualquer relatório de avaliador certificado independente que justifique o valor a pagar por m2, nem um estudo de viabilidade económica da futura zona industrial, entre outros argumentos.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here