- Publicidade -

Ourém: Concurso para Estrada da Ribeira revogado devido a adições à ata

Alguma informação inserida na ata da reunião pública de 4 de março, na aprovação do concurso público para finalizar a Estrada da Ribeira (Matas-Espite), causou discussão na reunião de 1 de abril, sexta-feira, uma vez que a oposição PSD-CDS assinou um documento que seria alterado. O presidente da Câmara, Paulo Fonseca, garantiu que se trataram de algumas informações dos serviços para esclarecer melhor o tema, mas face à polémica optou-se por revogar aquela decisão. O concurso para a Estrada da Ribeira terá que ir novamente a reunião, a 15 de abril.

“O que se passou aqui foi uma falsificação da ata”, afirmou o vereador da coligação PSD-CDS, Luís Albuquerque, após fazer um resumo de todo o processo. Segundo o autarca, quando recebeu a documentação sobre o concurso público, a 1 de março, esta informação não vinha inserida, pelo que não podia ser colocada após a sua assinatura dos documentos. Também o vereador José Manuel Poças das Neves (PSD-CDS) defendeu que o problema não estava no conteúdo introduzido em ata, mas no princípio de se colocarem informações depois dos textos assinados.

“Não vou entrar em discussões”, foi a resposta de Paulo Fonseca, argumentando que se tratou de especificar os elementos da informação e mais nada. Mas face à contestação da atitude, entendeu-se revogar o concurso e levar novamente os documentos a discussão na próxima reunião de câmara. “É absolutamente mentira que tenha alterado uma ata, apenas especifiquei as informações”, salientou.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).