Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Setembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Concurso escolar vai “dar o litro” pela recolha de óleos alimentares usados

O município de Ourém vai promover um concurso escolar destinado à recolha de óleos alimentares usados, no âmbito da sua estratégia de preservação ambiental e contribuição para o desenvolvimento sustentável, adianta informação municipal.

- Publicidade -

Destinado aos estabelecimentos de ensino, mas aberto a toda a população, o concurso “Vamos dar o litro” promove e incentiva a separação e reciclagem de óleos alimentares usados, pretendendo envolver toda a comunidade oureense em torno de um objetivo: evitar que as necessidades das gerações atuais comprometam a existência de gerações futuras, refere a mesma informação.

“Vamos dar o litro” vai premiar os estabelecimentos de ensino que tenham recolhido maior quantidade de litros de óleos alimentares usados, sendo destinado a todos os estabelecimentos de ensino do concelho de Ourém, desde o Ensino Pré-escolar ao Secundário.Os prémios são monetários e serão suportados pelas entidades parceiras do Município de Ourém nesta iniciativa: Águas do Centro Litoral, Be Water e Tejo Ambiente vão premiar as escolas vencedoras com um total de 2.500 euros a repartir entre o Grupo A (Pré-escolar e 1.º Ciclo) e o Grupo B (2.º e 3.º ciclos e Secundário), com 600 euros para o 1.º classificado, 400 euros para o 2.º e 250 para o 3.º de cada um dos grupos.

- Publicidade -

O concurso “Vamos dar o Litro” é apresentado oficialmente a 1 de outubro, no Dia Nacional da Água, vigorando durante os sete meses seguintes, com o apoio da App Reno, através da qual serão contabilizados os depósitos feitos em cada um dos 26 oleões espalhados um pouco por todo o Concelho de Ourém.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome