Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém: Concelho já tem a funcionar serviço do Transporte a Pedido

Desde esta terça-feira, dia 1 de março, as populações das zonas rurais de Ourém têm ao seu dispor o serviço do Transporte a Pedido (TaP), uma iniciativa inovadora, pioneira a nível nacional na experimentação de novas soluções de transporte público, tendo por base uma função social e de complementaridade à oferta de transportes públicos regulares.

- Publicidade -

O executivo municipal estreou o serviço, em implementação na região através da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, depois de ter efetuado a reserva de véspera, e à hora marcada lá estava o táxi para efetuar o transporte, desta vez na paragem de Cristóvãos – freguesia de Seiça.

Para Paulo Fonseca, presidente da Câmara Municipal de Ourém este é “um verdadeiro serviço público inovador, dinâmico e que responderá às necessidades da população”. Paulo Fonseca apelou à sua utilização, pois é “mais barato do que qualquer outra solução de transporte, uma vez que a despesa é dividida” por todos os utilizadores. Quando o táxi leva apenas uma pessoa, cabe ao Município pagar a diferença. ” A Câmara sustenta o deficit que o serviço tiver, na expectativa de que é um investimento e que no médio prazo será uma rotina, que todos os táxis levarão 4 pessoas e que do ponto de vista económico-financeiro o serviço estará equilibrado”.

- Publicidade -

Custódio Henriques, presidente da Junta de Freguesia de Seiça, afirmou que “o executivo camarário está de parabéns pela medida inovadora, que vai ao encontro das ambições das populações e que, no âmbito social, é uma resposta muito positiva que contribui para que os que têm mais dificuldades possam deslocar-se”.

O Transporte a Pedido é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e do Município de Ourém.

O executivo camarário experimentou o serviço do Transporte a Pedido no seu primeiro dia de funcionamento no concelho (Foto: CMOurém)
O executivo camarário experimentou o serviço do Transporte a Pedido no seu primeiro dia de funcionamento no concelho (Foto: CMOurém)

O Transporte a Pedido é um serviço de transporte público, aberto à população em geral, que pode ser utilizado por todos os cidadãos. Não vem substituir nenhum serviço de transporte em funcionamento mas apenas complementar a rede de transportes existente. O serviço é realizado, atualmente, por táxis identificados pelo dístico do TaP.

Para o efeito há paragens específicas onde as pessoas podem apanhar o transporte a pedido, assinaladas com uma placa.

Existe também um conjunto de horários definidos para a passagem da viatura em cada uma das paragens. Diariamente, as viaturas só se deslocam às paragens para as quais existam reservas de viagem.

O modelo de funcionamento é simples: o cliente contacta o serviço Transporte a Pedido através do número de telefone gratuito 800 209 226, até às 15h do dia útil anterior ao da viagem; o operador atende a chamada e realiza a reserva de acordo com o pedido e no dia e hora marcada pelo passageiro, o transporte solicitado aparece na paragem predeterminada. É possível fazer reservas com maior antecedência, para vários dias, ou para várias pessoas.

Se não for feita reserva até às 15h do dia útil anterior, não é garantida a realização do serviço de transporte. Poderão ser admitidas reservas de última hora, mas apenas para as paragens que já tenham reservas efetuadas e se existirem lugares disponíveis na viatura.

Caso tenham feito uma reserva e depois verifique que já não precisa de fazer a viagem, os cidadãos podem cancelar a reserva ligando, para o efeito, para o mesmo número de telefone do TaP (gratuito).

O bilhete é cobrado pelo motorista no momento do embarque, sendo que as tarifas variam entre 1,60€ e 5,10€ (para cada viagem) de acordo com a origem/destino. Os cidadãos que pretendam utilizar o serviço com mais frequência podem ainda adquirir cadernetas de 10 bilhetes pré-comprados, com 30% de desconto sobre o valor do bilhete. As carteiras têm validade de 2 meses a contar da data da primeira utilização.

Para mais informações poderá ligar para o número de telefone 241 360 444, a funcionar todos os dias úteis, das 09h às 12h30 e das 14h às 17h30; entrar em contacto com a Câmara Municipal de Ourém ou aceder ao sítio http://transporteapedido.mediotejo.pt .

O número verde 800 209 226 pode ser utilizado para fazer reservas mas também para obter qualquer informação ou esclarecimento sobre o serviço, fazer reclamações ou apresentar sugestões de melhoria do TaP (novos horários, novas paragens…). “Pretende-se que o cidadão possa contribuir para a adaptação do serviço às necessidades da população”, refere a autarquia de Ourém.

Numa primeira fase irão implementar-se 13 circuitos de ligação às Unidades de Saúde e aos Mercados de Ourém e Freixianda, designadamente: Alburitel (segunda-feira), Caxaraias (sexta-feira), Cercal-Gondemaria (segunda-feira), Cercal – Urqueira (quarta-feira), Espite (quarta-feira), Freixianda Norte (segunda e terça-feira), Freixianda Oeste – Ribeira do Fárrio (segunda e sexta-feira), Freixianda Sul – Formigais (segunda e quarta-feira), Matas (segunda-feira), Rio de Couros – Casal dos Bernardos (quarta-feira), Seiça (terça-feira) e Mercado de Ourém (quinta-feira).

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here