Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Agosto 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém: Concelho com escassa representação no FITUR em Madrid

Num momento caricato na reunião camarária de 5 de fevereiro, sexta-feira, o vereador José Manuel Poças das Neves (PSD-CDS) entregou ao presidente da Câmara, Paulo Fonseca, um saco de papel, aparentemente vazio. O autarca quis salientar assim o facto de não ter encontrado qualquer promoção ao concelho de Ourém na feira internacional de turismo de Madrid, FITUR, no balcão do Turismo do Centro. Foi apresentada uma proposta de “indignação” para com o Turismo do Centro, aprovada com o voto contra de Paulo Fonseca e a abstenção dos restantes elementos  PS e MOVE.

“A FITUR em Madrid é, reconhecidamente, uma das maiores feiras de turismo internacional. Este ano realizou-se de 20 a 24 de Janeiro. O Turismo Centro resolveu (e bem) dar um pouco mais de visibilidade a esta região e, em associação com o Turismo Norte, partilharam um stand, embora também estivessem representados, com uma pequena banca, no do Turismo Portugal”, refletiu a respeito Poças das Neves. “O problema é que nada se divulgou da nossa região. No escaparate do Turismo Portugal, onde estavam centenas de prospetos sobre as mais variadas zonas do nosso país, nada constava sobre Ourém ou Fátima”. “Apenas ao balcão era dado um folheto genérico do Turismo do Centro onde aparecia a Basílica de Fátima com um texto deveras sui generis, apelando ao encontro de religiões”, salientou.

Neste sentido, a coligação PSD-CDS propôs que “a Câmara de Ourém manifeste a sua indignação pela falta de estratégia de promoção turística de Fátima e do seu Centenário junto do Turismo do Centro, apelando a que no futuro haja uma maior capacidade e empenho na divulgação da nossa região”.

Paulo Fonseca votou de imediato contra tal proposta, mas ela acabaria por ser aprovada dada a abstenção de Nazareno do Carmo, Lucília Vieira e João Paulo Rebelo.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome