Ourém: CODU vai passar a encaminhar utentes para Leiria

Hospital de Santo André, Leiria. Foto: D.R.

O Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU), estrutura que organiza as chamadas do 112, continua a encaminhar os utentes de Ourém para o Hospital de Abrantes. Segundo o presidente da Câmara de Ourém, Paulo Fonseca, tal deve-se ao facto de o novo sistema de organização do atendimento ainda se estar a reestruturar. A informação que tem do Ministério da Saúde, adiantou, é que a partir de 1 de setembro o CODU passará a encaminhar os utentes para o Hospital de Leiria.

PUB

O despacho do Ministério da Saúde que possibilita ao utente optar pelo Hospital mais próximo da sua residência ainda não está operacional, pelo que os utentes de Ourém continuam a ser encaminhados para Abrantes. “Falta criar condições para receber mais 46 mil utentes” no Hospital de Leiria, explicou Paulo Fonseca numa reunião informal com jornalistas na tarde de 22 de agosto, segunda-feira.

“Disseram-me que dia 1 de setembro isso vai estar efetivo”, referiu o autarca. Ainda assim, continuou, os dados de que dispõe dão conta de um aumento de 25% das urgências de Ourém encaminhadas para Leiria e de 4% nas consultas, desde julho. “Nós pertencemos ao Hospital de Leiria!”, frisou Paulo Fonseca, explicando que toda a estrutura se está a preparar para os utentes de Ourém serem recebidos ali.

PUB

Segundo despacho n.º 5911-B/2016 de 3 de maio, o utente passa a ter livre circulação no sistema nacional de saúde (SNS), escolhendo, em conjugação com o médico de família, qual o Hospital mais conveniente para a primeira consulta de especialidade. A referenciação terá assim que pesar com “o interesse do utente, com critérios de proximidade geográfica e considerando os tempos médios de resposta para a primeira consulta de especialidade hospitalar nas várias instituições do SNS”. Apesar de Ourém pertencer ao Médio Tejo, há muito que as urgências são toleradas em Leiria, nomeadamente das freguesias que fazem fronteira com aquele concelho e, por tal, estão mais próximas daquele hospital (a 20 quilómetros).

Por outro lado, recentemente o Hospital de Leiria emitiu um comunicado, onde dava conta de uma afluência excessiva às urgências. “As urgências do Hospital de Santo André, unidade de Leiria do Centro Hospitalar de Leiria (CHL), têm verificado um afluxo especialmente elevado de utentes, tendo chegado, em apenas um dia, a atingir quase o dobro da média de utentes previstos, que é de 240, com 447 atendimentos registados”, referiu. Em julho, 48,7% dos casos atendidos na urgência deste Hospital foram situações não urgentes, lamentando-se a falta de informação dos utentes.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here