Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém: Claustro Monfortino, o chef recomenda a arte de Bruno Gaspar

O Claustro Monfortino, restaurante de aplicação da Escola de Hotelaria de Fátima, decidiu temperar as receitas criadas e servidas pelos alunos com arte, literalmente falando. A partir desta quinta-feira, dia 11 de fevereiro, a ementa passará a incluir a exposição “Pela Costa Fora” do artista plástico Bruno Gaspar, cujos trabalhos podem ser apreciados durante a refeição.

- Publicidade -

A exposição “Pela Costa Fora”, de Bruno Gaspar, chegou ao concelho de Ourém no dia 4 de dezembro e esteve patente na Galeria da Vila Medieval de Ourém até à passada segunda-feira. No  dia 11, quinta-feira, chega a vez do Claustro Monfortino receber o relato da aventura marítima deste artista plástico pela costa portuguesa à boleia de veleiros de recreio, semi-rígidos, cargueiros, traineiras e o submarino Tridente.

Até ao próximo dia 18 de março será possível descobrir as receitas e o profissionalismo dos alunos da Escola de Hotelaria de Fátima contemplando paisagens de norte a sul da costa portuguesa. Não através das janelas, mas na forma de fotografias, pinturas, ilustrações e vídeos.

- Publicidade -

Bruno Gaspar inspirou-se nas gentes, nas construções, nas profissões e na gastronomia que foi encontrando ao longo da costa entre Caminha e Vila Real de Santo António, com passagem nos arquipélagos dos Açores e da Madeira. As crónicas sobre a viagem são publicadas ao sábado no jornal i.

A exposição insere-se na iniciativa mensal “Arte no Claustro”, criada com o objetivo de proporcionar um momento que possa ser apreciado a dobrar, a nível gastronómico e artístico. Bom apetite!

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here