Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Quinta-feira, Outubro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Ourém | Caxarias vira à esquerda com 12 das 13 freguesias dominadas pelo PSD-CDS

O concelho de Ourém viu a coligação “Ourém Sempre” (PSD-CDS) ganhar em toda a linha, reforçando as maiorias absolutas na Câmara Municipal, Assembleia Municipal e conseguindo vencer as três juntas de freguesia que eram geridas pelo PS, elevando o seu controlo sobre 12 das 13 freguesias. Teve porém um revés em Caxarias, onde Filipe Graça (PSD-CDS) viu a reeleição perdida com a vitória, por 31 votos, de Nelson Antunes, o candidato socialista.

- Publicidade -

Há poucas alterações a apontar na reconfiguração política do concelho de Ourém, que vê neste momento o PSD-CDS dominar quase toda a vida autárquica. Na Assembleia Municipal, a coligação elegeu 14 deputados, mais três que há quatro anos, obtendo 57,49% dos votos.

O PS elegeu cinco deputados, menos três que em 2017, obtendo 20,41% do escrutínio. O MOVE – Movimento independente (6,99%) perdeu um dos dois deputados que possuía, lugar ocupado agora pelo Chega (5,71%).

- Publicidade -

resultados para a Assembleia Municipal de Ourém 2021 Fonte: MAI

Já nas freguesias, Seiça, Nossa Senhora da Piedade e a União de Freguesias de Gondemaria e Olival, antigos bastiões PS, fazem uma viragem à direita, com as vitórias de Ângela Marques, Luís Sousa e António Silva. Mas o destaque acaba por ir para Caxarias, freguesia PSD-CDS que, num contexto de vitória quase total da coligação Ourém Sempre, faz o sentido inverso e elegeu PS.

O técnico de informática Nelson Antunes venceu com 431 votos (41,36%), contra os 400 votos dos socialistas (38,39%). O Move – Movimento Independente conseguiu eleger um vogal, obtendo 163 votos (15,64%). A Assembleia de Freguesia de Caxarias fica assim com um 4+4+1 de eleitos, o que pode resultar ainda em surpresas após a tomada de posse.

Resultados de Caxarias em 2021 Foto: MAI

O mediotejo.net contactou Nelson Antunes, que adiantou por mensagem não poder responder nos próximos dias por motivos de ausência. 

Da parte do PSD-CDS, as três vitórias surpreenderam alguns candidatos, não obstante a expectativa de todos de obter um bom resultado eleitoral. O jurista Luís Sousa, 31 anos, admitiu ao mediotejo.net que a magnitude da vitória o apanhou de surpresa, tendo a sua lista conseguido sete lugares, uma total 46,38% dos votos, enquanto o PS elegeu cinco vogais (36,66%) e o MOVE – Movimento Independente apenas um (6,81%).

Luís Sousa candidatou-se pela primeira vez e à junta de Nossa Senhora da Piedade Foto: mediotejo.net
Resultados de Nossa Senhora da Piedade/Ourém em 2021 Foto: MAI

ÁUDIO | LUÍS SOUSA, CANDIDATO OURÉM SEMPRE À FREGUESIA DE NS PIEDADE:

“Desde que construímos a nossa candidatura que eu tinha uma grande confiança que podíamos ter um bom resultado”, referiu ao mediotejo.net, constatando porém que a Piedade, a freguesia da cidade de Ourém, é “tradicionalmente difícil” e há sempre uma grande incerteza no resultado. “Achava que podíamos ter condições para ganhar”, frisou, porém foi “surpreendente pela forma como os eleitores se expressaram”. 

No que toca a prioridades, a lista de Luís Sousa tem vários projetos que quer implementar, como a criação de uma Comissão Social de Freguesia ou de uma horta comunitária, adiantou, entre outros projetos ligadas à proteção civil e à ação social. “Felizmente não nos faltam nem ideias nem projetos”, sublinhou.

Ângela Marques venceu Seiça Foto: mediotejo.net
Resultados eleitorais em Seiça/Ourém 2021 Foto: MAI

ÁUDIO | ÂNGELA MARQUES, CANDIDATA OURÉM SEMPRE A SEIÇA:

Em Seiça, a educadora de infância Ângela Marques, 39 anos, obteve 44,82% dos votos, o que se traduz em cinco eleitos, enquanto o PS conseguiu 40,60% e quatro eleitos para a assembleia de freguesia. Como na Piedade, o anterior presidente PS não se recandidatava, tendo o PSD-CDS vencido perante uma nova figura socialista.

“À espera do resultado confesso que não estava, embora considere que temos uma equipa capaz de fazer tanto ou melhor pela freguesia”, confessou a autarca eleita ao mediotejo.net, admitindo que “foi com alguma surpresa que recebemos o resultado”. Satisfeita com a vitória, salienta que tem por objetivo “fazer desta freguesia uma freguesia de excelência”.

“Seiça está um bocadinho parada, tem pouco dinamismo”, comentou, destacando ser um dos objetivos da sua equipa apostar na promoção da ribeira local ou do Museu deixado pelo executivo cessante. A segurança rodoviária é uma das grandes preocupações de Ângela Marques, que aponta também a necessidade de fazer um levantamento sobre as necessidades da zona industrial de Casal dos Frades. A instalação de um Multibanco na freguesia é uma das suas ambições, assim como dotar toda a autarquia de fibra ótica. 

Já António Silva, administrativo de 60 anos, conseguiu derrotar Fernando Ferreira (PS), que estava há 12 anos na junta do Olival, atual união de freguesias de Gondemaria e Olival. O PSD-CDS venceu com 45,76% dos votos e elegeu cinco vogais, contra os 43,03% dos socialistas, que conseguiram quatro eleitos.

António Silva venceu a união de Gondemaria e Olival Foto: mediotejo.net
Resultados da união de freguesias de Gondemaria e Olival Foto: MAI

ÁUDIO | ANTÓNIO SILVA, CANDIDATO OURÉM SEMPRE GONDEMARIA E OLIVAL:

O presidente eleito estava convicto na vitória, conforme salientou ao nosso jornal, “devido ao descontentamento da população, da falta de desenvolvimento da nossa freguesia”. “Tinha a noção da força que o meu adversário tinha”, reconheceu, pelo que antevia um resultado renhido, “mas estava à espera da mudança”.

No que toca a prioridades, António Silva destaca a rede viária, nomeadamente a melhoria das acessibilidades em Aldeia Nova, Tomareis e Ventilharia. “Elaborámos um programa eleitoral e ambicioso”, salientou, considerando que a rede viária está “ao abandono”, não tendo sido limpas as valetas no último ano.

“Temos que arregaçar as mangas”, afirmou, considerando que vai relacionar-se bem com Fernando Ferreira na oposição.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome