Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Castelo e Paço dos Condes reabrem ao público após obras de requalificação

O Castelo de Ourém já reabriu as suas portas ao público, após uma intervenção de requalificação que se prolongou por cerca de dois anos. Com financiamento do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional de 1.671.380,58 euros, a reabilitação do Castelo de Ourém e Paço dos Condes representou um investimento que se situou nos 2,1 milhões de euros. O espaço conta também com um centro de interpretação e um núcleo museológico,

- Publicidade -

A requalificação contemplou trabalhos de conservação e restauro de todo o conjunto patrimonial, a implementação de um espaço museológico e a construção de dois passadiços (um recriando aquele que originalmente ligava o Paço dos Condes aos Torreões e outro ligando a Torre Dona Mécia à Torre Nordeste), entre outros melhoramentos ao nível das acessibilidades.

- Publicidade -

 

Com a conclusão dos trabalhos e consequente reabertura ao público, o Castelo de Ourém está agora disponível para visitas entre as 10h00 e as 18h00, de terça-feira a domingo.

O projeto de requalificação do conjunto monumental constituído pelo Castelo, Paço dos
Condes e envolvente, consagrado Monumento Nacional desde 1910, foi apresentado há
cerca de três anos, na sequência da celebração do protocolo de cooperação firmado entre
a Fundação da Casa de Bragança e o município de Ourém (responsável pela sua tutela).

Enquanto cartão de visita de destaque do concelho de Ourém, o protocolo definia a necessidade de requalificar a estrutura, melhorando as suas condições e acessibilidades, para usufruto de todos aqueles que visitam a vila medieval de Ourém.

Castelo tem um passadiço entre os torreões, a intervenção que tem gerado mais polémica pelo impacto na paisagem Foto: CM Ourém

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome