Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Setembro 20, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | “Casa dos Magistrados” passa para o município em troca de obras no Tribunal

O executivo municipal de Ourém aprovou na reunião privada de segunda-feira, 16 de agosto, uma proposta de protocolo com o Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça para adquirir a “Casa dos Magistrados”. O acordo, que só deverá ser concretizado depois das eleições de 26 de setembro, prevê que a Câmara de Ourém fique com a posse do edifício em troca da realização de obras de climatização do Tribunal Judicial de Ourém.

- Publicidade -

A “Casa dos Magistrados” é um edifício localizado em frente à Câmara Municipal, em Ourém, que se traduz em duas moradias geminadas outrora atribuídas aos magistrados que eram destacados para Ourém. A arquitetura de meados do século XX torna o edificado elegante, encontrando-se porém a degradar-se devido à ausência prolongada de utilização.

O executivo já mostrara interesse em adquirir o espaço em 2018, apresentando agora a proposta de protocolo. Segundo explicou o presidente da Câmara, Luís Albuquerque, à comunicação social, o objetivo é que o edifício, devoluto há 20 anos, possa vir a albergar serviços municipais, tendo em conta as novas competências que as Câmaras têm vindo assumir.

- Publicidade -

“O protocolo é o primeiro passo”, adiantou, em que o município se compromete a realizar obras de climatização no Tribunal de Ourém em troca da posse do edifício. Posteriormente deverá ser assinado um contrato entre as partes, sendo que o processo só deve avançar depois das eleições autárquicas.

Luís Albuquerque referiu que, apesar de degradada, a Casa não vai necessitar de obras muito profundas para ser utilizada.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome