Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Capela de São Sebastião vai ser estudada por investigador da Universidade de Aveiro

Há muito que se fala num possível projeto para dar utilidade às ruínas de São Sebastião, mas o tema tem-se perdido ao longo dos anos, apesar de estar quase sempre presente em período de campanha eleitoral. No encontro com a população da freguesia de Atouguia na segunda-feira, 12 de novembro, o presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, deixou a notícia que a Capela vai ser agora estudada por um investigador da Universidade de Aveiro, Aníbal Costa, para que se planeie a contenção do edifício e se projete uma ideia para o seu futuro. Entre os presentes houve quem se manifestasse cético, mas o presidente afirmou que este projeto será apresentado já no próximo ano.

- Publicidade -

Na segunda sessão da iniciativa “Ouvir Ourém e os oureenses”, o executivo PSD-CDS percorreu durante a segunda-feira a freguesia de Atouguia, contactando com os problemas locais e algumas empresas. Ao fim do dia prestou contas à população, informando sobre os projetos previstos para a autarquia e ouvindo as queixas dos presentes.

Um dos temas mais criticados, e o primeiro que o presidente abordou, foi o muro de contenção de terras que há vários meses aguarda obras na estrada principal em Fontainhas da Serra, estando a zona vedada por grades. Luís Albuquerque explicou que a situação, que vem do anterior executivo, precisou de um novo projeto e só em agosto foi possível reunir com o grande número de privados envolvidos. Neste momento, adiantou, está-se a auscultar pela segunda vez empresas para fazer o trabalho, uma vez que o primeiro procedimento ficou deserto.

- Publicidade -

Presidente da Câmara de Ourém (esq.) e presidente da junta de Atouguia (dirt) Foto: mediotejo.net

O presidente deixou ainda a garantia que sete casas que não têm acesso à água pública terão o problema resolvido no primeiro semestre do próximo ano, num investimento municipal de 50 mil euros. Encontram-se também a avançar os projetos de asfaltamento da estrada Vale da Perra – Alveijar e do centro de documentação do espólio de Sérgio Ribeiro, em Zambujal, um protocolo que vem do anterior mandato.

Luís Albuquerque adiantou algumas pretensões para o próximo ano, como a da requalificação da estrada Fontainhas – Escandarão, orçada em 150 mil euros. Pretende-se também iniciar a negociação com a Associação Recreativa e Cultural de Atouguia (ARCA), que detém o terreno, para a construção de um edifício de apoio à escola local, ampliando o espaço para onde foram transferidos os alunos do 1º ciclo.

A Capela de São Sebastião, continuou, deverá ser alvo no próximo ano de um estudo por um investigador da Universidade de Aveiro, Aníbal Costa, aguardando-se também por uma ideia para dar uma utilidade ao espaço. O “espaço deverá ser de visitação e não de culto”, explicou. Também o Poço de João Loução vai ter um projeto de requalificação.

Da parte da população foi manifestada a preocupação com a falta de saneamento, a limpeza de bermas e valetas e de caminhos alternativos para os peregrinos que se dirigem a Fátima, assim como deixados alertas para questões de segurança rodoviária.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome