Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Domingo, Setembro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Ourém | Candidato do Chega quer maior aposta no turismo e transparência na contratação pública

O candidato do Chega à Câmara Municipal de Ourém, Élio Paulo, 45 anos, apresentou em nota de imprensa as principais linhas do seu programa eleitoral. Para o comercial fatimense, a trabalhar no setor no turismo, é preciso mais transparência na contratação pública e uma aposta no turismo que vá além de Fátima.

- Publicidade -

“Seriedade, transparência e proximidade são os alicerces desta candidatura”, refere a nota de imprensa. Élio Paulo assume-se como o “candidato da mudança, uma alternativa sólida e honesta que quer responder às reais necessidades da população”.

“Tem como motivação principal valorizar as raízes e tradições do concelho de Ourém, privilegiar a educação e formação dos mais jovens e lutar contra um sistema
frágil, corrupto e obsoleto que não protege, nem responde de igual forma a todos os ourienses”, afirma.

Na mesma informação são apresentadas as linhas gerais do seu programa e que passam por “concluir a resolução do problema do saneamento básico em Ourém”, e “requalificar monumentos esquecidos e devolutos que fazem parte do património do concelho através da criação de novas rotas turísticas, que tragam pessoas às várias freguesias de Ourém”.

Por outro lado, “enaltecer Fátima, como destino turístico de excelência, mas promover outros pontos de interesse no concelho, que fomentem a atividade económica de Ourém como um todo, apoiar a criação de uma plataforma onde seja possível consultar em tempo real a adjudicação das obras públicas, promovendo assim, o acesso a uma informação financeira clara e transparente, por parte da população”, e “apurar o eficaz aproveitamento das infraestruturas existentes para desenvolver e incentivar a prática do desporto no concelho de Ourém, enfatizando outras modalidades além do futebol”.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome